Do asfalto à poeira, Campo Grande é a capital nacional do esporte a motor em agosto

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Dois dos principais eventos esportivos motorizados do país, a Stock Car e o Rally dos Sertões se concentram na capital sul-matogrossense neste mês, gerando intensa movimentação na cidade

No mês em que comemora 120 anos de fundação, Campo Grande pode ser considerada em agosto como a ‘meca’ dos fãs da velocidade. Com um autódromo de qualidade internacional e um solo de terra vermelha – característica que rendeu à cidade o apelido de “Morena” – e de estar presente no calendário de várias categorias nacionais, Campo Grande alcança, em 2019, o status de capital nacional do esporte a motor.

Isso porque neste mês de agosto a cidade recebe dois dos principais eventos do esporte motorizado no país: a Stock Car, neste final de semana, e dentro de duas semanas, entre 22 e 25 de agosto, quando o Sertões, principal rali das Américas, larga para sua 27ª edição partindo de Campo Grande.

Veja também:

FD Rally Team será a maior equipe do Rally dos Sertões com 12 carros e 4 UTVs FD Rally Team será a maior equipe do Rally dos Sertões com 12 carros e 4 UTVs
Dupla tricampeã Glauber Fontoura/Minae Miyauti vai acelerar na Production T2. Já a bicampeã no Regularidade, Sandra Dias, única mulher piloto da...
Sertões desembarca em Campo Grande para a festa dos 120 anos da cidade Sertões desembarca em Campo Grande para a festa dos 120 anos da cidade
Evento de largada na praça do Papa tem entrada gratuita, Show de Bruninho e Davi e muita adrenalina...

Eventos de grande porte significam grande movimentação na cidade. Estimativas da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) apontam que Stock Car e Rally dos Sertões devam gerar uma movimentação de até R$ 10 milhões – lojas, farmácias, bares, restaurantes e demais estabelecimentos comerciais sendo os principais beneficiados, além da rede hoteleira, que prevê taxa de ocupação de até 85% segundo dados da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur).

O público terá a oportunidade de ver de perto veículos de competição dos mais variados tipos, a começar pelos Stock Cars de motor V8 e quase 500 cavalos de potência que agitam o Autódromo Internacional no final de semana com duas corridas, às 14 e 15 horas de domingo (horário local). “É uma competição muito dura, em que todos correm em carros iguais, da mesma fabricação, e por isso é muito equilibrada: são 30 carros que andam dentro do mesmo segundo por volta”, destaca Amadeu Rodrigues, chefe da equipe Hot Car Competições, da Stock, que tem os pilotos Rafael Suzuki e o estreante Pedro Cardoso.

No Sertões, que vai de Campo Grande a Aquiraz, próxima de Fortaleza (CE), cruzando cinco estados em oito dias de prova, o público pode conferir diferentes tipos de veículos, já que a competição é dividida em quatro modalidades: carros, motos, UTVs e quadriciclos, cada uma com suas categorias.

Entre os carros, o destaque são as Ford Ranger V8 com quase 400 cavalos da equipe paulistana X Rally Team. Carro e equipe que, com a dupla formada pelo piloto Cristian Baumgart e o navegador Beco Andreotti, venceram as três últimas edições do Sertões. O carro é considerado “o Fórmula 1 do rali cross country”, atraindo atenção por onde passa.

A capital do Mato Grosso do Sul recebe a largada do Sertões pela primeira vez, e já prepara toda uma estrutura para receber milhares de pessoas. A área de box, chamada de Vila Sertões, onde ficarão concentradas as equipes e os veículos, será montada na Feira Central (Rua 14 de Julho, 3.351, no Centro) e estará aberta a partir do dia 23 para visitação do público.

O evento ainda terá o Super Prime, competição eliminatória em circuito que definirá a ordem de largada do rali, acontece na Arena Sertões, em frente à Praça do Papa (Avenida Alfredo Scaff, n/nº) no sábado (24) a partir das 18h30. Já a partir do domingo (25), carros, motos, quadriciclos, UTVs e toda a estrutura da prova começam a caravana deixando Campo Grande rumo a Costa Rica, depois passando por Barra do Garças (MT), São Miguel do Araguaia (GO), Porto Nacional (TO), São Félix do Tocantins (TO), Bom Jesus (PI), Crateús (CE) e chegando em Aquiraz (CE) no dia 1º de setembro, cumprindo quase cinco mil quilômetros de prova.

“A cada ano o roteiro do Sertões traz seus ineditismos em termos de trajeto, mas nos últimos anos a prova sempre começava partindo de Goiânia, onde sempre fomos muito bem recebidos. Fazer a largada do rali em Campo Grande traz um ar novo à competição, e isso é, de certa forma, revigorante. É um mês bastante movimentado para a cidade, e tenho certeza de que o público não irá esquecer tão cedo”, aponta Beco Andreotti, navegador tricampeão e chefe da equipe X Rally Team.

“Vai ser um mês e tanto para o público de Campo Grande: Stock Car e Sertões em um intervalo de duas semanas é um privilégio e tanto para uma cidade. Pode ter certeza de que o público vai gostar muito de curtir esta oportunidade belíssima que a cidade tem proporcionado para ambos os eventos”, conclui Amadeu Rodrigues.

P1 Media Relations
Cleber Bernuci
Foto: Ricardo Leizer/Fotop

Classificados



Paceria Oficial