Cristiano Rocha e Anderson Geraldi estão em Campo Grande para o 27º Sertões

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Será a oitava participação consecutiva da dupla, que disputará mais um pódio pela categoria Super Production. Início da competição será neste sábado, 24 de agosto, com o Prólogo e o Super Prime.

Campo Grande (MS) – Cristiano Rocha e Anderson Geraldi, da Accert Competições, chegaram a Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, para os preparativos iniciais para a largada da 27ª edição do Rally dos Sertões, a mais longa das provas brasileiras de off road e a segunda maior competição cross country das Américas. A dupla paranaense, radicada em Luís Eduardo Magalhães, na Bahia, correrá juntas pela oitava vez consecutiva, a bordo de sua Mitsubishi L200 RS toda adaptada para a categoria Super Production. O início do desafio começa a partir deste sábado, 24 de agosto, com o Super Prime e o Prólogo classificatório que definirá a ordem de largada do primeiro dos oito trechos de especiais – entre Campo Grande e Costa Rica (MS), no domingo, 25.

Experientes e confiantes, piloto e navegador esperam completar a prova e, quem sabe, conquistar a liderança na categoria. “Como a prova será muito dura com especiais longas, a perspectiva é terminar todos os dias e pontuar para o campeonato brasileiro. Com isto esperamos finalizar as especiais, subir a rampa e chegar ao pódio”, aposta Cristiano Rocha. Já Anderson Geraldi é mais ponderado. “Acho que a limitação do uso de GPS e aparelhos eletrônicos colocou as equipes em nível de igualdade. O fator decisivo estará na pilotagem e navegação, além das condições do carro. Ou seja, a equipe como um todo”, analisa.

Veja também:

VÍDEO | Sertões volta à SP com largada na capital e o Rally de São Paulo VÍDEO | Sertões volta à SP com largada na capital e o Rally de São Paulo
Maior rally das Américas reencontra as suas origens paulistas. Vale do Ribeira será palco do Rally de SP e do projeto Social do Sertões...
Classificação atualizada do Brasileiro de Rally Cross Country após Rally dos Sertões Classificação atualizada do Brasileiro de Rally Cross Country após Rally dos Sertões
Entre os pilotos, Mauro Guedes lidera na T1, Marcos Moraes na Protótipos, Vilson Thomas na Pró Brasil, Cristiano Rocha na Super Production, Paulo...

A picape L200 RS da dupla vem recebendo adaptações para as competições que participa desde 2015. Para esta edição do Sertões não foi diferente. O carro foi testado em cinco provas do campeonato brasileiro de Cross Country e chegou na frente em duas delas. “Vamos manter a receita que vem dando certo, sem modificações significantes”, revela Rocha.

Nos sete anos de história dentro do Rally dos Sertões, a dupla acumulou três pódios na categoria Production (5º lugar em 2011 e 2012, e 4º, em 2013), e outros três na Super Production (3º em 2015 e 5º, em 2016 e 2017). “A expectativa sempre é conseguir um bom resultado e nos prepararmos para ser campeões. No final, quando terminarmos, independente de resultados, vemos que somos verdadeiros vencedores”, pontua o piloto.

Com essa experiência, a dupla está otimista que o time conseguirá alcançar o objetivo traçado para a edição, de “concluir e pontuar para o Campeonato Brasileiro (de Cross Country)”. A equipe Accert terá pela frente quase 4,8 mil quilômetros de um roteiro magnífico, recheado de história e paisagens deslumbrantes. Após a realização do Prólogo e do Super Prime no dia 24 de agosto, serão disputadas oito etapas, passando por cinco estados e nove cidades brasileiras. Para isso, o conjunto conta com estrutura de oficina e dormitório móveis, divididos entre o motorhome e os carros de apoio, que já estão no parque de apoio da capital sul-mato-grossense.

A equipe recebe o patrocínio da Accert Transportes e Logística, Lavanderia Suprema, ALE Combustíveis, Ferragens Negrão, Sementes Oilema, Hotel LG, Cervejaria Oktos, Titaniun Energy Drink, AutoVip, Audiovolks e Worker.

Confira o roteiro do Sertões 2019:

No total, serão percorridos 4.887,59 km sendo 2.858,46 km de especiais, percentual de Especiais de 58,4%.

1ª etapa – 25/08
Campo Grande – MS/ Costa Rica – MS
DI – 19,69 km
ESP – 437,19 km
DF – 30,54 km
Total: 487,42 km

2ª etapa – 26/08
Costa Rica – MS/ Barra do Garças – MT
DI – 89,77 km
ESP – 533,08 km
DF – 21,51 km
Total: 644,36 km

3ª etapa – 27/08
Barra do Garças – MT/ São Miguel do Araguaia – GO
DI – 111,07 km
ESP – 403,51 km
DF – 250,24 km
Total: 764,82 km

4ª etapa – 28/08
São Miguel do Araguaia – GO/ Porto Nacional – TO
DI – 69,11 km
ESP – 275,76 km
DF – 226,98 kmTotal: 570,10 km

5ª etapa – 29/08
Porto Nacional – TO/ São Félix do Tocantins – TO
DI – 141,96 km
ESP – 330,34 km
DF – 2,72 km
Total: 475,02 km

6ª etapa – 30/08
São Félix do Tocantins – TO/ Bom Jesus – PI
DI – 0km
ESP – 535,60 km
DF – 2,25 km
Total: 537,85 km

7ª etapa – 31/08
Bom Jesus – PI/ Crateús – CE
DI – 2,13 km
ESP – 324,98 km
DF – 628,98km
Total: 955,80 km

8ª etapa – 01/09
Tauá (PI)/ Aquiraz – CE
DI – 428,27 km
ESP – 18 km
DF – 5,95 km
Total: 452,22 km

Legenda:

DI – Deslocamento Inicial da Vila Sertões para início da Especial
ESP – Especial (trecho cronometrado)
DF – Deslocamento final para a próxima cidade Anfitriã

Facebook e Instagram: @accertcompeticoes

SIG COMUNICAÇÃO
Luciano Santos
Josi Castro
Foto: Doni Castilho/Dfotos

Classificados



Paceria Oficial