Sertões: Duplas da Production T2 da SFI CHIPS conquistam bons resultados na 3ª Etapa

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Nos três primeiros lugares da categoria estão Paulo Bertolini/Anderson Bertolini, Bruno Van Enck/Edu Costa e Glauber Fontoura/Minae Miyauti

“Todos os carros com soluções de alto desempenho da SFI CHIPS foram bem nesta etapa. E os UTVs também estão na liderança”, comemora Márcio Medina, diretor da empresa. Arrepiando em todas as etapas dos Carros, a dupla de pai e filho gaúchos, Paulo Cesar Bertolini e Anderson Bertolini #337, percorreu os 764 km (403 km de Especial) da 3ª etapa, em 3h58min47, e mais uma vez conquista o 1º na Production T2, e 1º no acumulado da categoria. “Hoje tivemos um problema eletrônico, perdemos seis minutos. Mas recuperamos depois. Andamos forte e conseguimos o 1º lugar por três segundos”, conta o vitorioso Bertolini pai. “A Especial de hoje era rápida, com muito pó e talco, muitas depressões. Amanhã rumo Tocantins”, completa.

Na sequência, também na Production T2, a dupla Bruno Van Enck e Edu Costa #343, que fez o trajeto de Barra do Garças/MT até São Miguel do Araguaia/GO, em 3h58min50, mantendo o 2º no acumulado da Production T2. “É muito boa a sensação de sair da Especial com o carro inteiro. Fizemos uma ótima etapa e chegamos com uma paisagem e céu maravilhosos. Mas não dá para comemorar ainda, tem muito rali pela frente”, diz Enck. A dupla estreou este ano na Mitsubishi Cup e desbrava o primeiro Sertões.

Veja também:

Classificação atualizada do Brasileiro de Rally Cross Country após Rally dos Sertões Classificação atualizada do Brasileiro de Rally Cross Country após Rally dos Sertões
Entre os pilotos, Mauro Guedes lidera na T1, Marcos Moraes na Protótipos, Vilson Thomas na Pró Brasil, Cristiano Rocha na Super Production, Paulo...
Glauber Fontoura/Minae Miyauti leva o título da Production T2 ao final do Sertões Glauber Fontoura/Minae Miyauti leva o título da Production T2 ao final do Sertões
No Rally de Regularidade, Sandra Dias /Igor Quirrenbach superam os desafios e encerraram o rali novamente com pódio (3o na Master). Das 16 duplas da...

E em 3º na categoria, chegaram os tricampeões Glauber Fontoura e Minae Miyauti # 311, em 3h59min30. “Fiz uma corrida estratégica, tirei um pouco o pé para preservar o carro e aguentar chegar bem até a final. Amanhã é a etapa pré-maratona, então, vamos com calma”, afirma Fontoura, que disputa pela 17ª vez no Sertões e tem quatro títulos (tricampeão na Super Production e campeão na Pró Brasil).

Os UTVs não deixaram por menos, também levantaram muita poeira os catarinenses Denísio do Nascimento e Idali Bosse # 202, completaram o percurso em 4h03min42, o que rendeu o 2º lugar na 3ª etapa e está em 2º no acumulado da UTV Pró Elite.

Regularidade - Sandra Dias e Igor Quirrenbach de Carvalho #411, em uma Pajero, com as soluções da SFI CHIPS, foram vice-campeões (Regularidade/Graduados) e nesta edição subiram de categoria e competem pela Master. “A etapa foi bem cansativa, foram 9 horas de prova difícil e perigosa. Tinha pegada rápida. Na parte da manhã não dava para enxergar nada devido a poeira, passamos por muitas regiões de montanhas. Mas estou apaixonada pela prova”, conta Sandra, única mulher piloto da categoria carros, A dupla repetiu o resultado das etapas anteriores e fechou em 3º.

SFI CHIPS - Essas são algumas das dezenas de duplas de Carros e UTVs da competição, que usam soluções avançadas da SFI CHIPS, que é uma provedora de soluções para preparação eletrônica de veículos, também conhecida como chip de potência, reprogramação de ECU ouchiptuning. Nestes 11 anos de atuação no mercado, tornou-se referência em desenvolvimento de reprogramações de alto desempenho, principalmente no segmento 4X4 profissional. Única empresa a desenvolver para as montadoras e equipes oficiais de montadoras, com projetos testados no laboratório e nas pistas em tempo real com os pilotos. O Rally dos Sertões fornece dados importantes para o desenvolvimento contínuo de soluções da SFI CHIPS: teste de campo e coleta de dados. Por isso a importância de a empresa estar sempre ao lado de equipes grandes, montadoras e pilotos profissionais, que balizam e fornecem dados precisos. A empresa é a única a ter 12 títulos no Sertões. Com uma equipe qualificada e investimento em tecnologia de ponta, as soluções elevam a performance do propulsor e os acertos buscam potência, sem comprometer a sua vida útil. Preza por durabilidade e preservação do conjunto motriz, para garantir a entrega de performance, sem abrir mão da segurança, principalmente em provas como o Sertões.

Roteiro Sertões 2019 – 24/8 a 1º/9

Nesta quarta-feira, os competidores seguem para a 4ª etapa do Sertões, de São Miguel do Araguaia/GO até Porto Nacional/TO, com 570 km, 275 de Especial, com cascalho, piçarras, gostosa de acelerar e bem técnica, terá estradas de fazendas, algumas mais estreitas, mas sem grandes dificuldades. Considerada uma preparação para a Etapa Maratona, na qual os competidores não poderão ter ajuda da equipe na manutenção dos veículos. O Sertões tem um roteiro de 4.800 quilômetros por seis estados brasileiros: Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Tocantins, Goiás, Piauí e Ceará. O temido deserto do Jalapão está na 5ª etapa, quando será a Maratona, no qual competidores não podem receber apoio mecânico.

4ª etapa – 28/08
São Miguel do Araguaia – GO/ Porto Nacional – TO
Trecho Cronometrado – 277km
Total: 571km

5ª etapa – 29/08
Porto Nacional – TO/ São Félix do Tocantins – TO
Trecho Cronometrado – 300km
Total: 435km

6ª etapa – 30/08
São Félix do Tocantins – TO/ Bom Jesus – PI
Trecho Cronometado – 540km
Total: 542km

7ª etapa – 31/08
Bom Jesus – PI/ Crateús – CE
Trecho Cronometrado – 320km
Total: 941km

8ª etapa – 01/09
Crateús – CE/ Aquiraz – CE
Trecho Cronometrado – 30km
Total: 405km

MSuzuki Comunicação
Mércia Suzuki
Deborah Ferreira
Foto: Doni Castilho

Classificados



Paceria Oficial