Cristiano Rocha e Anderson Geraldi chegam com o segundo melhor tempo na quarta etapa dos Sertões 2019

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Dupla da Accert Competições fizeram da especial do dia uma corrida de recuperação.

Terminaram o dia em terceiro na classificação geral acumulada na categoria Super Production e finalizaram o trecho cronometrado em 3h45min33seg.

Porto Nacional (TO) – A quarta etapa do Sertões 2019 de Cristiano Rocha e Anderson Geraldi, da Accert Competições, foi uma corrida de superação e recuperação. A dupla terminou a especial de 275 quilômetros entre São Miguel do Araguaia (GO) e Porto Nacional (TO) com o segundo melhor tempo entre os carros Super Production (3h45min33seg), e de quebra já recuperaram uma posição na classificação geral acumulada na competição, dentro da categoria.

Veja também:

Rally Rota Sudeste: Vitória de Glauber Fontoura/Minae Miyauti na Production T2 Rally Rota Sudeste: Vitória de Glauber Fontoura/Minae Miyauti na Production T2
Com o resultado na penúltima prova do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country, dupla da FD Rally Team consolida liderança na categoria...
Após Rally Rota Sudeste, Cristiano Rocha e Anderson Geraldi mantém a liderança do campeonato Após Rally Rota Sudeste, Cristiano Rocha e Anderson Geraldi mantém a liderança do campeonato
Lençóis Paulista, no interior paulista recebeu os competidores da edição 2019 neste sábado e domingo, 09 e 10 de novembro...

O percurso dos competidores dos Sertões, nesta quarta-feira, foi marcado por trechos com depressões, passagem por serra, pisos de velocidade alta, além de piçarra e travessias de rio com pedras roliças. Apesar dos vários visuais belíssimos em todo trajeto, a etapa exigiu alto grau técnico dos competidores. Depois de não completar a segunda etapa, por problemas na embreagem, e correr o terceiro trecho da competição de forma conservadora, por conta de quebra de marchas no sistema de câmbio, Cristiano Rocha se esmerou em cumprir sua pilotagem e tirar da Mitsubishi L200RS adaptada, #371, o melhor resultado possível. “Hoje foi uma especial legal gostosa de fazer. Foi um caminho de muitas retas, muitas estradinhas sinuosas de piçarras, depressões bem grandes e, numa dessas, a gente aterrissou de mal jeito e acabou quebrando uma peça da barra de direção, mas isso não atrapalhou no nosso desempenho. Tanto que conseguimos imprimir um ritmo bom”, revela o piloto.

Esta quinta-feira marca o início da Maratona dos Sertões 2019, um dos trechos mais difíceis e puxados de toda a história da competição. Nesta etapa, piloto e navegador da Accert não poderão contar com a assistência da equipe no caso de manutenção no veículo, e terão de contar com seus próprios conhecimentos técnicos e mecânicos para a resolução de problemas. A primeira parte do desafio de Cristiano Rocha e Anderson Geraldi, a bordo da sua Mitsubishi L200RS terá um trajeto cronometrado de pouco mais de 330 quilômetros, nos quais está incluído parte da face oeste do Jalapão.

Será um caminho bem típico de off road, com pilotagem estratégica e a navegação será bastante exigida nos trechos de savana, onde a concentração será fundamental. A especial ainda prevê estradas que mesclam altas e baixas velocidades. “Chegou o momento que a gente mais esperava. A gente está revisando e preparando nosso carro para não termos qualquer imprevisto e também vamos descansar bastante e recuperar energias para a pedreira que temos pela frente. Serão duas especiais duríssimas e difíceis, em que só dependemos de nós mesmos”, ressalta Cristiano.

O percurso entre Porto Nacional (TO) e São Félix do Tocantins, incluindo deslocamentos, será de 475 quilômetros. E, ao chegar na Vila Sertões do Destino, somente o piloto e o navegador terá acesso ao equipamento, sem nenhuma ajuda externa.

A equipe recebe o patrocínio da Accert Transportes e Logística, Lavanderia Suprema, ALE Combustíveis, Ferragens Negrão, Sementes Oilema, Hotel LG, Cervejaria Oktos, Titaniun Energy Drink, AutoVip, Audiovolks e Worker.

Super Production – Resultado da 4ª etapa – Porto Nacional (TO)

1º) #333 Nadimir Kayser/ Ricardo Amorim, 3h18min18seg

2º) #371 Cristiano Rocha /Anderson Geraldi, 3h45min33seg
3º) #335 Carlos Clauset/ Jorge Nieckele, 4h09min44seg
4º) #318 Daltro Maronezi/ Luciani Maronezi, 5h30min00seg
5º) #350 Bartolomeu de Carvalho/Joel Kravtchenko, 10h30min00seg

Resultado acumulado após a quarta etapa (Extra Oficial):

1º) #333 Nadimir Kayser/ Ricardo Amorim, 19h10min00seg
2º) #335 Carlos Clauset/ Jorge Nieckele, 19h59min05seg
3º) #371 Cristiano Rocha /Anderson Geraldi, 21h35min53seg
4º) #318 Daltro Maronezi/ Luciani Maronezi, 21h36min27seg
5º) #350 Bartolomeu de Carvalho/Joel Kravtchenko, 30h55min58seg SIG Comunicação
Foto: Gustavo Epifanio / Fotop

Classificados



Paceria Oficial