Rally Rota Sul: Tudo pronto para estreia de Fabrício Bianchini/Marcos Finato no Buggy V8

Rally Rota Sul: Tudo pronto para estreia de Fabrício Bianchini/Marcos Finato no Buggy V8

User Rating: 5 / 5

Após 15 anos, o piloto gaúcho volta a acelerar pela região na qual passou parte da infância. Já o casal Porto Alegre, Marcos Colvero (Over 45) e Jennifer Colvero (Marathon), fará a prova pela primeira vez nas motos. A largada será nesta sexta-feira, em Pelotas

São Paulo, 4 de dezembro de 2019 – Um resgate às raízes, por meio de um roteiro de um rali disputado há 15 anos sobre duas rodas. É desta forma que o piloto gaúcho Fabrício Bianchini vai encarar o Rally Rota Sul, a partir desta sexta-feira, 6, em Pelotas (RS), mas desta vez sobre quatro rodas, a bordo do Buggy V8. Bianchini fará sua estreia no carro desenvolvido pela Giaffone Racing, pela categoria Open, e contará com a navegação de Marcos Finato. Com um roteiro desafiante de 1.100 quilômetros, sendo 725 de trechos cronometrados, a prova terá um percurso com vários tipos de terreno como trechos à beira-mar, dunas, zona de reflorestamento, travessia de rios, passando por dezenas de municípios gaúchos e cruzará, ainda, a Lagoa dos Patos (a maior da América Latina) e a Lagoa de Bacupari até chegar a Porto Alegre, no sábado, 7. A prova encerra a temporada do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country, o Campeonato Sertões Series e também faz parte do Campeonato Sul-Americano para carros (Codasur).

Foi por meio da MEM Motorsports que Bianchini foi apresentado ao carro e está mais empolgado do que nunca para estrear a máquina da Giaffone Racing, que tem tração 4x2, suspensão independente, chassi tubular e motor V8 LS2. “Fiz apenas um treino com o buggy e achei sensacional. É bem potente e diferente de tudo que pilotei até hoje nos ralis e não vejo a hora de acelerar”, afirma o competidor, conhecido no meio off-road como "Gaúcho", que tem uma trajetória de mais de duas décadas nas motos, mas já pilotou um T-REX, um UTV Can-Am Maverick X3 e navegou numa Ranger X Rally Team durante o Rally dos Sertões. O piloto é nascido em Porto Alegre, reside há 25 anos em São Paulo mas, ainda, mantém uma forte ligação com o Sul.

Veja também:

X Rally Team vai disputar o Sertões com Toyota e a estreia será em Portugal X Rally Team vai disputar o Sertões com Toyota e a estreia será em Portugal
Equipe, dona de quatro títulos do Sertões, traz dois Toyota Hilux IMA 2020 para a disputa do maior rally do país; primeiro contato virá já ao final...
X Rally Team adiciona Toyota a seu rol de supermáquinas X Rally Team adiciona Toyota a seu rol de supermáquinas
Equipe disputará o Sertões 2020 com dois Hilux IMA V8 de última geração, e serão pilotadas pelos irmãos Cristian e Marcos Baumgart; time tricampeão do...

Não é somente o piloto que está ansioso para acelerar. Finato, desta vez, competirá na categoria carros e como navegador explica: “A expectativa é de muita adrenalina e diversão! Achei o roteiro fantástico e vamos correr no estado natal do Fabrício, numa prova que ele andou em 2003. Vou fazer o meu melhor para cantar as referências a modo de facilitar a pilotagem dele.” Apesar de ter uma longa trajetória nas motos, entre os títulos estão a do Rally dos Sertões e Baja Jalapão (Super Production), Finato já navegou para Bianchini na Mitsubishi Cup, quando a dupla mostrou ter ótima sintonia.

Pela Bianchini Rally/Power Husky, ainda estarão competindo dois pilotos de motos de Porto Alegre (RS), Marcos Colvero pela categoria Over 45, com uma Husqvarna FE 450 e sua esposa, Jennifer Wittmann Colvero, que fará sua estreia no Cross Country na categoria Marathon (KTM 350 EXC). Gaúcho de Santa Maria, Colvero já faz parte da equipe há alguns anos e competiu várias edições do Rally dos Sertões e também o Rally Dakar. Já Jennifer (natural de Nova Petrópolis/RS) vem do Motocross e está em contagem regressiva para estrear nesta prova que fez história no off-road. “Temos uma ideia do percurso, pois já treinamos em alguns lugares que se assemelham com alguns da prova. Marcos manteve uma boa rotina de treinos, após do Dakar (2019) e tem chances de buscar um bom resultado. Já a minha é concluir a prova que já será uma vitória, pois nunca participei de uma prova de longa duração. Será um desafio e tanto”, diz Jennifer que foi incentivada pelo marido, no ano passado, a iniciar no Cross Country.

No primeiro dia (6) os competidores enfrentam um percurso de 576 quilômetros, dos quais 428 de trechos cronômetros. No segundo dia (7) serão 524 quilômetros, sendo 297 de Especiais. O Parque de Apoio - Vila Sertões - será na Associação Rural de Pelotas (Av. Senador Salgado Filho, 1067 – Pelotas), local da largada dos dois dias de prova. A chegada será, no sab sábado, na Praia de Belas (Anfiteatro Pôr do Sol – av. Edvaldo Pereira Paiva, 1889), em Porto Alegre.

A Bianchini Rally/Power Husky conta com a parceria da Husqvarna Brasil/Power Husky, patrocínio da Bianchini S/A e apoio da SHIRO, Borilli, Óculos 100%, O Mundo de Maria, Bull Sertões, Vedacit e Rede Petrolam. Mais informações sobre a equipe no site www.bianchinirally.com.br e nas redes sociais no Facebook @equipebianchinirally e Instagram @bianchinirally

Programação Rally Rota Sul – Final do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country

Sexta-feira, 6 de dezembro

1ª ETAPA PELOTAS (RS) - PELOTAS (RS)
DI 90km/ TE 428/ DF 57km = total 576 km

6h Largada 1ª moto - Local: Associação Rural de Pelotas
7h Largada 1ª moto na Especial
10h - 20h00 Secretaria de Prova / Sala de Imprensa / Posto Médico
20h Briefi­ng: Motos, Quads, UTVs e Carros Cross Country

Sábado, 7 de dezembro

2ª ETAPA PELOTAS (RS) - PORTO ALEGRE (RS)
DI 97km/ TE 297/ DF 130 = total 524 km

6h Largada 1ª moto - Local: Associação Rural de Pelotas
7h Largada 1ª moto na Especial
13h às 17h - Chegada Rampa Porto Alegre Local: An­fiteatro Pôr do Sol , Praia de Belas
20h às 23h - Festa de Premiação e Encerramento (Batik Stories Bar)

MSuzuki Comunicação
Mércia Suzuki