Após épica briga de irmãos em 2020, X Rally Team volta de olho no quinto título

Após épica briga de irmãos em 2020, X Rally Team volta de olho no quinto título

Vencedora de quatro das últimas cinco edições, a equipe defende o título do ano passado com Marcos Baumgart/Kleber Cincea com o Toyota Hilux. Mas os tricampeões Cristian Baumgart/Beco Andreotti buscam retomar o reinado

Chegou o momento que todo amante do off road espera: vai começar no final de semana a 29ª edição do Rally dos Sertões, um dos maiores do mundo. A prova terá cerca de 3,5 mil quilômetros e percorrerá somente os estados do Nordeste em 2021, o que não muda o tamanho do desafio para equipes, pilotos e navegadores. A equipe X Rally Team, a mais vitoriosa dos últimos anos na prova, aposta na continuidade com as Toyota Hilux preparadas pela empresa belga Overdrive para manter seu reinado no Sertões.

Em 2020 a vitória ficou com a dupla formada por Marcos Baumgart e Kleber Cincea, que travaram uma disputa épica por segundos contra a dupla tricampeã formada por Cristian Baumgart – irmão mais velho de Marcos – e Beco Andreotti.

“É uma edição desafiadora e diferente por ser totalmente no Nordeste e também por ser mais compacta em termos de distâncias para as equipes. Isso é bem positivo porque todos descansam mais e melhor com os deslocamentos mais curtos”, destaca o navegador Kleber Cincea que, assim como Marcos, defende pela primeira vez um título do Sertões. “Toda edição é especial. Desde 1999 alimentamos esta paixão com a mesma intensidade, e a equipe vem sempre crescendo, trazendo novos competidores. O fato de ter vencido no ano passado deixa a edição deste ano ainda mais desafiadora, e me sinto motivado em defender o título”, completa Marcos.

Veja também:

Sertões: Terpins/Bianchini são vice-campeões na T1 Brasil. Andujar leva título nos quadris Sertões: Terpins/Bianchini são vice-campeões na T1 Brasil. Andujar leva título nos quadris
Após oito etapas, Bianchini Rally conquista quatro pódios e também o prêmio de Melhor Equipe do grid. O rali terminou em Tamandaré (PE...
Equipe SFICHIPS conquista o quinto lugar do Sertões Equipe SFICHIPS conquista o quinto lugar do Sertões
Dias de lutas e dias de glória! A dupla Paulo Goes e Jefferson Teixeira subiu ao pódio da categoria Protótipo do maior rali das Américas...

“Vai ser legal largar e chegar em lugares diferentes do que estamos acostumados e percorrendo somente o Nordeste. É o tipo de terreno que mais gosto de andar, com as paisagens mais bonitas. Nunca tivemos roteiro parecido”, comenta Cristian Baumgart, vencedor da prova nos anos de 2016, 2017 e 2018. “Os deslocamentos para as equipes serão menores que no ano passado, e isso também é muito positivo para todos os colaboradores, porque todos ganham tempo e o trabalho rende melhor. Estou ansioso e acho que vai ser muito especial, especialmente por percorrermos o coração do Nordeste, sem passar por nenhuma capital. Tem tudo para ser uma das melhores da história”, conclui Beco Andreotti.

A equipe X Rally Team terá uma das maiores estruturas do rali brasileiro na prova. Serão 10 veículos de competição e 90 pessoas trabalhando entre mecânicos, engenheiros, chef de cozinha, motoristas, fisioterapeutas e demais colaboradores.

Serão três Toyota Hilux, as de Marcos/Kleber, de Cristian/Beco e de Sylvio de Barros/Rafael Capoani. O time terá mais cinco X Rally Rangers com Adroaldo Weisheimer/Fred Budtikevitz, Mauro Guedes/Eduardo Bampi, Pedro Padro/Patrick Prado, Michel Terpins/Fabrício Bianchini e Fernando Rosset/Marcelo Haseyama; o time traz também o protótipo X10 com Zeca Sawaia/Eduardo Lara e um UTV com Gunter Hinkelman/Neurivan Calado. 

O roteiro do Sertões 2021:

13 de agosto (sexta-feira)
Prólogo – 11 km

1ª ETAPA: 14 de agosto (sábado)
PIPA (RN) – PATOS (PB)
Deslocamento Inicial: 82 km
Trecho de Especial: 235 km
Deslocamento Final: 93,2 km
TOTAL: 410 KM

2ª ETAPA: 15 de agosto (domingo)
PATOS (PB) – ARARIPINA (PE)
DI: 27 km
TE: 306 km
DF: 237 km
TOTAL: 509 km

3ª ETAPA: 16 de agosto (segunda-feira)
ARARIPINA (PE) – SÃO RAIMUNDO NONATO (PI)
DI: 146 km
TE: 220 km
DF: 38 km
TOTAL: 404 km

4ª ETAPA: 17 de agosto (terça-feira)
SÃO RAIMUNDO NONATO (PI) – SÃO RAIMUNDO NONATO (PI)
DI: 0 km
TE: 306 km
DF: 5 km
TOTAL: 311 km

5ª ETAPA: 18 de agosto (quarta-feira)
SÃO RAIMUNDO NONATO (PI) – XIQUE XIQUE (BA)
(INÍCIO DA MARATONA)
DI: 11 km
TE: 329 km
DF: 93 km
TOTAL: 433 km

6ª ETAPA: 19 de agosto (quinta-feira)
XIQUE XIQUE (BA) – PETROLINA (PE)
(FIM DA MARATONA)
DI: 0 km
TE: 310 km
DF: 146 km
TOTAL: 456 km

7ª ETAPA: 20 de agosto (sexta-feira)
PETROLINA (PE) – DELMIRO GOUVEIA (AL)
DI: 133 km
TE: 242 km
DF: 60 km
TOTAL: 235 km

8ª ETAPA: 21 de agosto (sábado)
DELMIRO GOUVEIA (AL) – ARAPIRACA (AL)
DI: 7 km
TE: 152 km
DF: 80 km
TOTAL: 235 km

9ª ETAPA: 22 de agosto (domingo)
ARAPIRACA (AL) – TAMANDARÉ (PE)
DI: 190 km
TE: 141 km
DF: 20 km
TOTAL: 351 km

TOTAL GERAL: 3.548 km
TOTAL DE ESPECIAIS: 2.180 km

Site Oficial: www.xrallyteam.com.br
Instagram: @xrallyteam

Cleber Bernuci / Caio Scafuro
Foto: Vinicius Branca