Motos, quadri, UTVs e carro da Bianchini Rally rumo a Petrolina neste 6º dia do Sertões

Motos, quadri, UTVs e carro da Bianchini Rally rumo a Petrolina neste 6º dia do Sertões

Equipe avança na classificação, após a 5ª etapa (Maratona): Terpins/Bianchini seguem vice-líderes na T1 Brasil, Andujar está na vice-liderança nos quadris e Colvero sobe para 5º na Moto 1

Xique-Xique (BA) – Areia, muita areia, calor escaldante, disputas acirradas e vários desafios foram enfrentados pelos competidores no 5º dia (18) de Sertões, que largou de São Raimundo Nonato (PI) e terminou em Xique-Xique (BA). Além de toda dificuldade imposta pelo roteiro de alto nível técnico, a 5ª etapa foi Maratona – não permite apoio mecânico externo – e a "ordem" foi poupar equipamento sem deixar de ser competitivo. Neste quesito a Bianchini Rally foi guerreira, quem teve problemas durante a Especial se superou para terminar. Na 29ª edição a equipe conta com competidores em todas as categorias, são duas motos, um quadriciclo, três UTVs e um carro.

Nas motos, Cristhiano Pressi (Husqvarna FE450) #11 que liderava no acumulado na Moto 3 teve problemas a 3 km do final e terminou em 10º na categoria, caindo para a 10ª colocação no acumulado. Marcos Colvero (Husqvarna 501) # 46, por sua vez, subiu duas importantes posições na classificação e foi para 5º na Moto 1. Na etapa do dia, completou em 5º na categoria.

O argentino Manuel Andujar (Yamaha Raptor 700) #107 finalizou a etapa Maratona, de quarta-feira, em 2º nos quadriciclos e 13º na geral. O atual Campeão do Dakar nos quadris manteve a vice-liderança, após cinco dias de prova. Já no Mundial de Rally Cross Country FIM segue líder, pois o Sertões este ano é válido pelo campeonato mundial para motos e quadris.

Veja também:

Sertões volta ao mar no último dia para consagrar campeões Sertões volta ao mar no último dia para consagrar campeões
Com o cancelamento da última especial em função das chuvas, competidores farão deslocamento de Arapiraca (AL) a Tamandaré (PE), onde os campeões da...
Classificação revisada do Brasileiro de Rally Cross Country após o Sertões Classificação revisada do Brasileiro de Rally Cross Country após o Sertões
Confira a tabela atualizada do campeonato, após 16 provas em 3 eventos realizados em 2021...

Nos UTVs, Marcos Finato/Guilherme Holanda #252 completaram em 2º na UTV Over 45 e estão em 10º no acumulado da categoria. Já Gustavo Zanforlin/Guilherme Holanda #235 tiveram problemas durante a Especial e fecharam em 14º na UT2, perdendo quatro posições na classificação, agora, estão em 8º na categoria no acumulado. O estreante no Sertões, o piloto Eduardo Teixeira #284, que faz dupla com Túlio Taniguchi nos UTV,s completou sua primeira etapa Maratona em 14º na UTV Over 45.

Terpins/Bianchini mantêm vice-liderança –Michel Terpins e Fabrício Bianchini #322 seguem firmes e focados na prova. A dupla compete com uma Ford Ranger, preparada pela XRally Team, e é vice-líder no acumulado na categoria T1 Brasil há duas etapas. No quinto dia fizeram uma prova limpa, sem problemas, foram cautelosos na pilotagem sem deixar a competitividade de lado e fecham em 2º na categoria e 7º na geral. No acumulado estão em 8º na geral dos carros.

“Além de todas as adversidades de uma etapa Maratona como essa, tomamos muito cuidado para não furar pneu e conseguimos. Andamos bem, num ritmo para não tomar susto e poupar o carro para andarmos bem no dia seguinte e deu tudo certo, mantivemos a vice-liderança”, explica Terpins, que está em seu 11º Sertões e já competiu de motos e carros. “Foi uma etapa dura este 5º dia de Sertões, fizemos o 7º tempo da geral estamos em 8º no acumulado. Chegamos bem e o carro está inteiro para encarar a segunda parte da Maratona. Este rali está incrível”, diz Bianchini que nesta edição está como navegador, mas tem muita experiência como piloto nestes 21 anos na competição. Somente nas motos foram 12 anos, depois nos carros, UTV e Buggy V6 no ano passado.

Depoimentos sobre a etapa 5:

Cristhiano Pressi (Sorriso/MT), estreante na prova, motos – “Etapa Maratona de 200km de areia bem pesada. Tive problemas no início da Especial com minha torre de navegação e no final da faltando 3km tive problemas na parte elétrica e com muito esforço consegui empurrar a moto até o fim da prova.”

Marcos Colvero (Porto Alegre), 9ª participação, motos – “Dia muito divertido mas seguramente uma das Especiais mais duras que já enfrentei no Sertões. Tive um problema elétrico que me fez perder alguns minutos mas demos um salto importante para 5º na categoria no acumulado. Muito além do resultado está sendo a leveza e diversão que estamos aproveitando, conforme a Dunas elegeu que "enjoy" é o lema desta edição.”

Manuel Andujar (Argentina), estreante na prova, Campeão do Dakar 2021 nos quadris – “Terminei em 2º na etapa Maratona e foi bom, gostei bastante de pilotar neste tipo de piso. E sigo na vice-liderança. Agora faltam mais quatro dias para finalizar o rali e sigo pontuando para o Campeonato Mundial, onde sou líder.”

Marcos Finato (Barueri/SP), 11ª participação e um título nas motos Super Production, UTV – “Dia gostoso, Especial bem bacana de andar, gostei muito do terreno, tipo do terreno que amava andar de moto e nos UTVs é um pouco diferente. Completamos bem e terminamos em 2º na categoria, agora tem mais uma parte da Maratona e foco total para chegar em Carneiros, no domingo.”

Túlio Taniguchi (Avaré/SP), navegador de Eduardo Teixeira, 2ª participação, UTV –“Etapa duríssima, sendo mais de 200 km somente de areia, então o meu piloto andou com cautela para preservar o equipamento, pois no final do dia não teríamos manutenção. E conseguimos completar mais uma Especial e bora que já passamos da metade do rali.”

Nesta quinta-feira, o desafio será 328 km de trechos cronometrados, de um total de 476 do dia. Entre Xique-Xique (BA) e Petrolina (PE), a 6ª etapa terá trechos de média e alta velocidade, outros mais travados, sinuosos com muitas erosões e pedras.

A Bianchini Rally/Power Husky, com sede em Alphaville/Barueri, tem patrocínio da Rock, Army, Borilli Racing e apoio da Hupi, McDonald Pelz, O Mundo de Maria, Bull Sertões, Vedacit, XRally Team, Máfia do Rally e Petrolam. Mais informações: www.bianchinirally.com.br, Facebook @equipebianchinirally e Instagram @bianchinirally

ROTEIRO SERTÕES 2021

19/8 - 6ª etapa “Velho Chico”: Xique-Xique (BA) / Petrolina (PE)
DI – 0 km | TE – 328 km | DF – 148 km |Total = 476 km (FIM MARATONA)
Local de chegada: Pátio de evento Ana das Carrancas

20/8 - 7ª etapa “Lampião”: Petrolina (PE) / Delmiro Gouveia (AL)
DI – 139 km | TE – 240 km | DF – 62 km |TOTAL= 441 km
Local de chegada: Cidade Universitária

21/8 - 8ª etapa “Alagoas”: Delmiro Gouveia (AL) / Arapiraca (AL)
DI – 9 km | TE – 152 km | DF – 87 km | TOTAL= 249 km
Local de chegada: Planetário e Casa da Ciência

22/8 - 9ªetapa “Sertão virou mar”: Arapiraca (AL) / Tamandaré (PE)
DI – 194 km | TE – 133 km | DF – 18 km | TOTAL= 344 km
Local de chegada: Forte de Santo Inácio de Loyola

TOTAL GERAL= 3.615 km | TOTAL DE ESPECIAIS= 2.202 km

MSuzuki Comunicação
Mércia Suzuki
Foto: Doni Casrtilho