Cross Country

Campeonato Brasileiro de Rally

RN 1500 movimenta o Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country

Válido pela segunda etapa, evento potiguar completa 18 edições; Competidores aceleram com a família de veículos Can-Am Maverick entre os UTVs
São Paulo (SP) – O Rally RN 1500 promete desafios e paisagens incríveis na 18º edição, que teve início nesta quinta-feira (21) em Natal, capital potiguar. Apoiado pela Can-Am, o evento é válido como a segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country e reúne alguns dos principais pilotos e navegadores do país. O nível técnico promete ser alto na categoria para UTVs, com destaque para os competidores a bordo da família de veículos Can-Am Maverick, sendo que as disputas ainda envolvem quadriciclos, motos e carros. O roteiro tem cerca de mil quilômetros, 518 deles de trechos cronometrados, e inclui pernoites em Guamaré e Currais Novos antes de retornar a Natal, palco da chegada neste domingo (24). O grid dos UTVs conta com pilotos experientes, como Bruno Sperancini, a bordo do Can-Am Maverick Xds - o mesmo que conquistou o Rally dos Sertões no ano passado. O mineiro tem Breno Rezende como navegador. “O RN 1500 é uma prova muito dura e marca o início da nossa preparação para o Rally dos Sertões. Temos areia no início da prova e depois muita pedra, calor e quebradeira. É como se fosse um ‘mini’ Sertões”, comparou. Sperancini representa a equipe Quadrijet Racing, que ainda conta com a dupla maranhense formada por Vinícius Mota e Rafael Shimuk com o Can-Am Maverick Xds Turbo 2016. A equipe Box Adventure reforça a briga por vitórias entre os UTVs. Marcus “Jatobá” Lins / Daniel Fonseca (com o Can-Am Maverick Turbo 2016), Vitor Lyra / Lavoisier Júnior, (Can-Am Maverick Xds Turbo 2016) e Eduardo Vieira / George Hamilton (Can-Am Maverick Turbo 2016) pretendem levar bons resultados para o Estado do Alagoas. “Além do calor, estamos acostumados com os tipos de terrenos do Rio Grande do Norte, já que parecem com os da nossa região. O Maverick traz segurança, estabilidade e resposta rápida do motor, eu me sinto muito à vontade com o equipamento”, contou Jatobá, que abriu o Brasileiro em terceiro lugar na classe UTV Pró. Vitor Lyra estreia no cenário nacional de Rally Cross Country. “Participei de provas no Alagoas, mas é a primeira vez no Brasileiro. Nossa meta é competir com ritmo forte, mas preservando a segurança, já que a prova é longa e qualquer erro pode custar caro”, concluiu. Sobre a BRP - A BRP (TSX: DOO) é líder global em projeto, desenvolvimento, fabricação, distribuição e comercialização de veículos esportivos e sistemas de propulsão. Seu portfólio inclui os veículos para neve Ski-Doo e Lynx, a moto aquática Sea-Doo, os veículos side-by-side e quadriciclos Can-Am, os roadsters Can-Am Spyder e os sistemas de propulsão marítima Evinrude e Rotaxwell, além dos motores Rotax para karts, motocicletas e aeronaves recreativas. A BRP dá suporte a sua linha de produtos com peças, acessórios e vestuário dedicados. Com uma renda anual com vendas de mais de CA$ 3 bilhões em 105 países, a empresa conta com cerca de 7.100 funcionários no mundo. www.brp.com @BRPnews Ski-Doo, Lynx, Sea-Doo, Evinrude, Rotax, Can-Am, Spyder, Commander, Maverick, X e o logotipo da BRP são marcas comerciais da Bombardier Recreational Products Inc. ou de suas afiliadas. Todas as outras marcas comerciais são propriedade de seus respectivos donos. Mundo Press Jornalismo Estratégico
Foto: Gustavo Epifânio/DFotos