Cross Country

Campeonato Brasileiro de Rally

Categoria para motos promete show à parte no Rally dos Sertões 2016

Team Rinaldi acelera com Ricardo Martins, Ramon Sacilotti, Moara Sacilotti, Guilherme Cascaes e Daniel Crema; Largada será neste domingo (4) em GO
Bento Gonçalves (RS) – A categoria para motocicletas promete show à parte no 24º Rally dos Sertões. A largada para o maior evento off-road do país será neste domingo (4) em Goiânia (GO), com chegada prevista para o dia 10 de setembro em Palmas (TO) após 3.212,17 quilômetros de desafios. O roteiro inclui 2.357,17 km de trechos cronometrados (especiais). Pronto para levantar poeira, o Team Rinaldi acelera com os irmãos paulistas Ramon e Moara Sacilotti e os catarinenses Ricardo Martins, Guilherme Cascaes e Daniel Crema. A abertura do evento terá como base o Autódromo Internacional de Goiânia. No sábado (3), os competidores disputam o prólogo em Senador Canedo (GO) para definir as prioridades de largada. Ramon Sacilotti está em contagem regressiva e de olho no título inédito. No ano passado, ele foi o vice-campeão das motos e da classe Super Production. “Fiz uma prova espetacular em 2015 e perdi a vitória por detalhes. Agora eu me sinto ainda mais preparado, já que aprimoramos os treinamentos e a moto, e desde o início da temporada que o foco está na disputa do Sertões. Vou em busca da vitória e usarei todas as minhas forças para conquistar o objetivo”, disse o piloto. Prestes a encarar a sua 17ª participação na prova, Moara Sacilotti espera muitas dificuldades. “Estou bastante ansiosa e animada, sempre parece que é a primeira vez. O rally promete ser um dos mais difíceis da história e estou preparada para isso, já que treinei como nunca e a moto está 100%”, disse a competidora de 36 anos que compete entre os homens da Over 45. Martins e Cascaes, pela Production Aberta, e Daniel Crema, na Marathon, são outros fortes concorrentes. “Estou muito bem preparado e com a cabeça boa para fazer uma ótima prova. Vou procurar ser constante e evitar correr riscos”, explicou Ricardo Martins. Cascaes foi campeão da Production Aberta em 2014. “A expectativa é muito boa e estou bastante à vontade com a moto”, disse o piloto. Crema lembrou que os quatro primeiros dias do Sertões 2016 também valem como as etapas finais do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country, no qual é o líder da Marathon. “Quero fazer uma prova tranquila no início, pensando no título brasileiro. Vai ser muito difícil, já que haverá longas quilometragens por dia e muito calor. A partir do quinto dia, o foco será exclusivamente no Sertões.” Pneus Rinaldi HE 42 em ação – O Team Rinaldi terá como grande aliado o pneu HE 42, desenvolvido exclusivamente para os praticantes de rally. Nos últimos anos, o produto passou por inúmeros testes nos desafios off-road mais duros do país. “O pneu chegou a um nível de qualidade incrível e estou muito confiante na pilotagem”, afirmou Martins. Ramon Sacilotti completou. “Tenho orgulho de ter ajudado no desenvolvimento e de usar o HE 42. Vamos acelerar com os modelos de linha, os mesmos disponíveis para o público. Posso garantir que o pneu tem como ponto forte o equilíbrio entre a durabilidade que o rally exige e o alto desempenho nas frenagens, curvas e acelerações”, finalizou. Programação* – Rally dos Sertões 2016 Sexta-feira – 2/9 (Local: Autódromo de Goiânia)
Das 12h às 13h – Coletiva de imprensa
Das 15h às 17h – Carreata dos veículos do Rally dos Sertões em Goiânia Sábado – 3/9
Das 8h às 9h30 – Posicionamento dos veículos no Parque Fechado (Local: Autódromo)
Das 10h às 14h – Prólogo na Cidade Alpha Goiás (Senador Canedo)
10h30 – Largada da 1ª Moto (Na sequência largarão Quadris, UTVs e Carros)
14h – Encerramento do Prólogo
Das 15h às 16h – Posicionamento Motos/Quadris e UTVs no Parque Fechado
Das 16h às 17h – Posicionamento Carros no Parque Fechado
18h30 – Largada Promocional (Autódromo) Domingo - 4/9 – Goiânia (GO) / Padre Bernardo (GO) – 1ª Etapa
Deslocamento inicial: 248,43 km
Trecho especial (cronometrado): 111,79 km
Deslocamento final: 4,32 km
Total do dia: 364,54 quilômetros 5/9 – Padre Bernardo (GO) / Cavalcante (GO) – 2ª Etapa
Deslocamento inicial: 34,27 km
Trecho especial: 374,84 km
Deslocamento final: 9,19 km
Total do dia: 418,3 quilômetros 6/9 – Cavalcante (GO) / Posse (GO) – 3ª Etapa
Deslocamento inicial: 22,95 km
Trecho especial: 376,41 km
Deslocamento final: 244,12 km
Total do dia: 643,48 km 7/9 – Posse (GO) / Luís Eduardo Magalhães (BA) – 4ª Etapa
Deslocamento inicial: 14,62 km
Trecho especial: 361,94 km
Deslocamento final: 183,59 km
Total do dia: 560,15 km 8/9 – Luís Eduardo Magalhães (BA) / Mateiros (TO) – 5ª Etapa
Deslocamento inicial: 35,47 km
Trecho especial: 425,67 km
Deslocamento final: 00 km
Total do dia: 461,14 km 9/9 – Mateiros (TO) / Ponte Alta (TO) – 6ª Etapa
Deslocamento inicial: 00 km
Trecho especial: 514,98 km
Deslocamento final: 5,97 km
Total do dia: 520,95 km 10/9 – Ponte Alta (TO) / Palmas (TO) – 7ª Etapa
Deslocamento inicial: 4,61 km
Trecho especial: 191,54 km
Deslocamento final: 47,46 km
Total do dia: 243,61 km TOTAL DA PROVA: 3.212,17 km
TOTAL DE TRECHOS ESPECIAIS: 2.357,17 km, ou 74% do roteiro (recorde do evento) * A programação é fornecida pela organização do evento e está sujeita a alterações. Mundo Press Jornalismo Estratégico
Foto: Gustavo Epifânio/DFotos