Cross Country

Campeonato Brasileiro de Rally

Rally dos Sertões: Maranhenses Fábio Cadasso/João Afro estão na vice-liderança no acumulado na TR4

Cadasso Racing completa o dia mais longo da 24ª edição, sobe no acumulado também na Production T2 e ocupa a 3ª posição. Nesta quarta (7) a equipe deixa Goiás e entra em território baiano
Posse (GO) - Com garra e determinação, os maranhenses Fábio Cadasso e João Afro (#345) completaram o dia mais longo da 24ª edição do Rally dos Sertões que teve 643 quilômetros, na terceira etapa que ligou Cavalcante a Posse, em Goiás. A dupla que complete pela categoria Production T2 e TR4, a bordo de uma Pajero TR4, sobe uma posição no acumulado e está agora em 3º na Production T2 e também é vice-líder na TR4. Nesta quarta-feira, 7, partem para o dia mais veloz da competição que deixa o estado de Goiás e entra em território baiano, rumo a Luís Eduardo Magalhaes. Na terça-feira, a Cadasso Racing fez o trecho cronometrado de 376 quilômetros em 5h56s29s e conquistou a terceira colocação na Production T2, mas devido a uma penalização caiu para quinto no resultado do dia que foi longo, exigente e teve várias baixas no rali. Mas os maranhenses usaram da estratégia mais uma vez e atingiram o objetivo que era subir na classificação no acumulado dos dias. "Foi um dia pesado, com trial e conseguimos fazer algumas ultrapassagens. Mas resolvemos ser mais cautelosos para não arriscar nossa posição e nem forçar muito o equipamento. Felizes por cumprir mais uma e subir no acumulado", destaca Cadasso, que está em sua quarta participação na maior prova off-road do país O navegador também aprovou o percurso. "Mais um dia duro mas que terminou bem . Tinha também trechos travados, areia, longas retas e muito pó que não poderia faltar. Um dia de cada vez, estamos no caminho certo e adorando o Sertões desse ano", afirma Afro. Rumo a Luís Eduardo Magalhães (BA) - A especial desta quarta-feira começa bem próximo a Posse (GO) com característica completamente diferente dos dias anteriores, trata-se de uma prova bem rápida, com longas retas em áreas agrícolas de altíssima velocidade e que exigirá muita navegação. O trecho conta com 14,62 quilômetros de descolamento inicial, 361,94 de Especial (trecho cronometrado) e mais 183,59 de descolamento final. No total, os competidores vão percorrer mais um longo dia, 560,15 quilômetros. Cadasso fala da expectativa para o dia. "Para esta quarta etapa o objetivo é completar, sempre dando o máximo que puder, mas sem arriscar nossa posição ou danificar o equipamento. O Sertões este ano vai ficar para história, a edição está testando os limites de todos. Vamos para frente que ainda tem chão", finaliza o piloto. Mais informações sobre os resultados das etapas e no acumulado, por categorias e geral no http://www.chronosat.com.br/2016/sertoes/ Na 24ª edição tem um roteiro de 3.212,17 quilômetros, sendo 2.357,17 de trechos cronometrados.. O rali que termina dia 10/9, em Palmas (TO) inclui ainda categorias para carros, quadriciclos, motocicletas e UTVs em um total de 146 veículos. A Cadasso Racing conta com o patrocínio do Governo do Maranhão e Grupo Mateus, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte do estado e também com o apoio da Top Auto Service, Pipa Publicidade e Digital Certificadora. Mais informações sobre a dupla também na fanpage @pilotofabiocadasso no Facebook. Programação 24º Rally dos Sertões
07/09 - Etapa 4
Posse (GO) - Luís Eduardo Magalhães (BA)
Deslocamento inicial: 14,62 km
Trecho especial: 361,94 km
Deslocamento final: 183,59 km
Total do dia: 560,15 km 08/09 - Etapa 5
Luís Eduardo Magalhães (BA) - Mateiros (TO)
Deslocamento inicial: 35,47 km
Trecho especial: 425,67 km
Deslocamento final: 00 km
Total do dia: 461,14 km 09/09 - Etapa 6
Mateiros (TO) - Ponte Alta (TO)
Deslocamento inicial: 00 km
Trecho especial: 514,98 km
Deslocamento final: 5,97 km
Total do dia: 520,95 km 10/09 - Etapa 7
Ponte Alta (TO) - Palmas (TO)
Deslocamento inicial: 4,61 km
Trecho especial: 191,54 km
Deslocamento final: 47,46 km
Total do dia: 243,61 km MSuzuki Comunicação
Mércia Suzuki
Keith Almeida
Foto: Marcelo Maragni/Fotop