WRC 🇲🇽 Rally do México 2019 🏁 Sólida vitória de Ogier

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Aqui estamos para a cobertura da terceira etapa do calendário do WRC 2019. O Blog Shakedown fará diferente e apresentará um resumo único sobre o geral da prova

Na Sexta-Feira, dia 8, a disputa no México começou logo de cara com um grande desafio: SS2 El Chocolate 1 (31.57 km), especial disputada 2000 metros acima do nível do mar com trechos rápidos e sinuosos, além de ter um piso duro e que colocou a durabilidade e resistência de carros e pilotos à prova já no início da disputa. Assim a sexta-feira seguiria sendo dominada primeiramente por Andreas Mikkelsen com o seu Hyundai i20 WRC alternando as vitórias em estágios com Sébastien Ogier e seu Citroen C3 WRC até a SS6 Ortega 2 (17.28 km).

Durante a SS2, a monstruosa El Chocolate, O piloto da Hyundai, Thierry Neuville, teve um pneu delaminado do seu i20 WRC, fazendo com que perdesse 22.7 segundos em relação aos líderes. Ainda na mesma especial, o finlandês da Ford M-Sport , Teemu Suninen, arrancou a roda do seu Fiesta WRC ao perder o controle em uma curva rápida, ficando com o carro parcialmente atravessado dentro da especial.

3 mexico final suninen

Já na SS5, Andreas Mikkelsen enfrenta problemas mecânicos no seu Hyundai e fica parado ao lado da especial.
Durante o deslocamento para a SS7 Las Minas (10.72 km), outro piloto da Hyundai também teria problemas. Dessa vez, o espanhol Dani Sordo é obrigado a parar em função de problemas no alternador do deu i20 WRC. Nesse trecho a vitória ficaria com Ott Tänak da Toyota com o Yaris WRC, carro do líder do campeonato.

E para confirmar a dureza que é a etapa mexicana do WRC, a dupla da Toyota, Jari-Matti Latvala e Mikka Anttila se viu obrigada a ter que empurrar o seu Yaris após um problema não informado pela equipe. Fim de prova do dia para os finlandeses e Rally2 para o sábado.

No final da sexta, a liderança geral seria de Sébastien Ogier de Citroen C3 WRC, seguido por Elfyn Evans de Ford Fiesta WRC (+14.8 segundos) e Kris Meeke da Toyota 21.1 segundos atrás com o seu Yaris WRC.

3 mexico final ogier

No sábado, dia 9, a disputa começou na SS10 Guanajuatito 1 (25.90 km) e nela o finlandês da Citroen, Esapekka Lappi, acaba por sair demasiadamente para fora de uma curva para esquerda e fica com o seu carro atravessado e acavalado, trancando parcialmente a especial. Com isso, o resultado final do Rally poderia ser fortemente influenciado, visto que foi ordenado pela organização de prova bandeira vermelha no estágio. Tal fato pode ter sido um golpe de sorte de Sébastien Ogier, visto que o francês tinha furado um pneu de seu C3 WRC.

As vitórias nas SS11 Otates 1 (32.27 km), SS12 El Brinco 1 (8.13 km), esta famosa por seu salto próximo ao final, ficariam, respectivamente com Jari-Matti Latvala e Sébastien Ogier. Também na mesma especial, Kris Meeke enfrentaria problemas com o seu Yaris WRC, fato que lhe deixaria quase 2 minutos distante do melhor tempo da especial e, consequentemente, longe da liderança geral do rally. Na segunda parte das provas do sábado, os trechos se repetiram com o acréscimo de duas passadas nas SS16 e SS17 V-Power Shell Stage, especial feita dentro do kartódromo de León. A ultima especial do dia seria disputada no Street Stage de León (SS18).

No final do Sábado, Ogier e Evans se manteriam na liderança geral no rally, estando o francês 27 segundos na frente do piloto galês. Em contrapartida, a disputa pela vice-liderança permaneceria aberta, uma vez que o estoniano Ott Tänak da Toyota permanece buscando o segundo posto e agora estava apenas 2.2 segundos distante de Evans o único piloto restante da Ford M-Sport.

3 mexico final tanak

No terceiro e último dia de provas, domingo, dia 10, a disputa começaria na SS19 Alfaro (21 km), seguida pela SS20 Mesa Cuata (25.07 km) seguidas pelo Power Stage (PWS), SS21 Las Minas (10.72 km). As vitórias nas SS19 e 20 ficariam com Tänak, sempre escoltado por Ogier. Com isso, o piloto estoniano assumiria a segunda colocação geral do rally e asseguraria pontos importantes na disputa pelo mundial de pilotos.

Na última especial do dia, o PWS Las Minas, a disputa por pontos adicionais entre os pilotos fez com que Kris Meeke e Sébastien Ogier disputassem a vitória e os 5 pontos bônus até a última curva do trecho. No final, melhor para o francês da Citroen que venceu Meeke por apenas 0.1 segundos. Assim, além de levar a pontuação máxima no Power Stage, Sébastien Ogier e Julien Ingrassia confirmariam o seu sólido desempenho no final de semana do México e levariam a vitória na classificação geral. O pódio mexicano seria completado por Ott Tänak da Toyota e Elfyn Evans da M-Sport.
Desse modo, a disputa pelo mundial de pilotos segue aberta, na qual Ott Tänak permanece na liderança, mas agora com apenas 5 pontos de vantagem sobre o novo vice-líder, Sébastien Ogier.

3 mexico final ogier podio Já no mundial de construtores, a liderança está nas mãos da Toyota com 8 pontos de vantagem sobre a Citroen.

3 mexico final class pilotos

3 mexico final class construtores

Aqui terminamos a etapa do México e mais uma cobertura do Rallybr sobre o Mundial de Rally. Fique ligado na próxima etapa, o clássico Tour de Corse disputado na ilha francesa da Córsega dos dias 28 a 31 de março. Até mais!

Texto: Fernando Brondani
Fotos: WRC, Citröen Racing, Toyota Gazoo Racing

Shakedown nas Redes

Classificados



Paceria Oficial