Shakedown

Conteúdo de Rally!

Depois da largada simbólica, hoje começa o Rally Dakar 2019 pra valer!

Hoje teremos a primeira especial. Serão apenas 84km para os competidores nesta segunda-feira

A especial de hoje servirá como aperitivo para um Rally 70% de dunas e areia. Qualquer erro pode atrapalhar e muito as chances de disputa entre os favoritos, que devem tomar as rédeas da etapa logo cedo.

Os primeiros a largar são os quadriciclos, com destaque para os argentinos Ferioli e Cavigliasso, o paraguaio Sanabria Galeano e o boliviano Nosiglia, que devem ditar o ritmo durante toda a competição.

Entre as motos, a disputa deverá ser intensa entre as marcas. São muitos pilotos de alto nível espalhados por 5 equipes oficiais, mas meu destaque vai para Toby Price, Paulo Gonçalves, Quintanilla, Van Beveren, Sam Sunderland, e claro, para Joan Barreda Bort, o meu favorito.

Olho também nos que correm por fora, Metge, de Soultrait e Brabec.

Entre os UTV’s, a categoria que mais cresce no mundo, a briga deve ser emocionante do início ao fim. Os 3 carros da Monster Can-Am estão entre os favoritos, liderados pelos brasileiros Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin, terão forte concorrência dos chilenos Casale e Chaleco Lopez, do russo Kariakin, e dos outros 3 carros brasileiros, Cristian Baumgart/Beco Andreotti, Marcos Baumgart/Kleber Cincea e Bruno Varela/Maykel Justo. Olho também no navegador brasileiro Lourival Roldan que está ao lado de um português estreante em Dakar, e deverá usar sua experiência para tentar bons resultados.

Entre os pesados, a briga Kamaz/Tatra/Iveco promete ser intensa. O retorno de G. de Rooy, a experiência de Nikolaev, o arrojo de Ale Loprais devem trazer emoção para a disputa, que conta ainda com o super capaz F. Villagra, que depois de bater na trave em 2018, vem com mais vontade de vencer.

Agora, o grande foco do nosso texto, os carros.
Nomes conhecidíssimos, duplas experientes, trocas de equipes e navegadores, tudo isso colocou mais pimenta no Dakar 2019.
O DreamTeam da Mini, formado por 3 dos favoritos, vem com novidades. Despres e Peterhansel trocaram seus navegadores, com o Monsieur Dakar tendo agora David Castera ao seu lado, e Despres o experiente JP Cottret, dono de títulos ao lado de Peterhansel. Junto deles, os espanhóis Sainz e Cruz, atuais campeões, formam um esquadra extremamente capaz de levar o Dakar. Sua principal concorrente, pelo menos antes do Rally largar, é a Toyota, que com Nasser Al-Attiyah/Mathieu Baumel e G. De Villiers/D. Von Zitzewitz aposta as fichas no Dakar 2019.

A grande incógnita fica a cargo de Sebastien Loeb/Daniel Elena, serão os 9x campeões do WRC capazes de disputar contra os carros de equipes oficiais? Será a PH Sport capaz de entregar um 3008 DKR para vencer o Dakar?

Além destes 6 principais concorrentes, podemos colocar na lista o espanhol Nani Roma, o argentino Terranova, o tcheco Prokop e porque não o piloto da casa Nicolas Fuchs?

Estou curioso também para ver o que Robby Gordon pode fazer, afinal, o americano sempre traz novidades, e é capaz de tudo, sim, tudo.

O Dakar 2019 começou, serão 10 etapas de muitas disputas, espero que gostem.

Foto: José Mário Dias @josemariodias

Shakedown nas Redes

Classificados