Rally do Ártico: Esa Ruotsalainen vence novamente na RC2N, Lindholm vence na geral e Bottas chega em 5o

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Pelo segundo ano consecutivo, finlandês que correu o Rally de Erechim vence a etapa de abertura na segunda mais importante categoria do país

Depois de uma espetacular vitória na edição de 2018, quando estreou na segunda mais importante categoria de seu país, a SM2 (correspondente à RC2N), o piloto finlandês Esa Ruotsalainen, ao volante de um Mitsubishi Lancer Evo IX, venceu novamente em sua categoria neste fim de semana (26 e 27/01) a tradicional etapa de abertura do campeonato nacional de rally de seu país. O legendário Arctic Lapland Rally, a competição automobilística disputada no mais extremo norte em todo o planeta, nas imediações de Rovaniemi, capital da Lapônia, região ártica da Finlândia.

Levando-se em conta os resultados obtidos na classificação geral nas duas últimas edições do evento, a vitória obtida este ano pela dupla Esa Ruotsalainen/Hannu Lamminen foi ainda mais categórica e relevante que a do ano passado, já que na edição anterior eles obtiveram o décimo lugar, enquanto este ano entre as 108 duplas inscritas eles conquistaram a oitava posição geral, à frente de mais de uma dezena de carros R5 da categoria maior SM1 (correspondente à RC2) e somente três posições atrás da estrela da Fórmula 1, Valtteri Bottas, que a propósito competiu ao volante de um Ford Fiesta WRC, muito mais potente e sofisticado que os carros das demais categorias. Neste caso, é importante salientar que apesar de estar concorrendo pela vitória na classificação geral, Bottas não estava pontuando pelo Campeonato Finlandês, já que por determinação da própria FIA os World Rally Cars não devem pontuar em provas de campeonatos nacionais ou regionais enquadrados nos regulamentos da entidade. Na classificação geral da prova, o jovem e promissor Emil Linholm, filho do veterano piloto Sebastian Lindholm, ex-companheiro de equipe de Marcus Gronholm na equipe Peugeot, foi o grande vencedor ao volante de um novíssimo Volkswagen Polo R5 da categoria SM1, enquanto na categoria SM2 os maiores adversários de Ruotsalainen/Lamminen foram Ville Hautamäki/Mika Juntunen, a bordo de um Subaru Impreza WRX STI, com uma diferença de 1 minuto e 18 segundos a mais que eles, sendo que no ano passado essa mesma dupla havia chegado na terceira colocação.

Ainda com relação à prova do ano passado, após a vitória na mesma, Ruotsalainen e Lamminen administraram muito bem a vantagem obtida na pontuação durante o decorrer da temporada, chegando à última etapa do campeonato liderando a tabela de classificação. Mas um inesperado abandono na referida prova de encerramento fez com que eles perdessem as chances no campeonato, conquistado então pelo adversário Henrik Pietarinen com outro Mitsubishi Lancer Evo IX, sendo que Henrik é irmão de Eerik Pietarinen, que conquistou o título da categoria SM1 ao volante de um Skoda Fabia R5.

Vale a pena relembrar também que Esa já esteve no Brasil, competindo no Rally Internacional de Erechim em 2014, ano em que a prova contou com a presença de dirigentes internacionais da FIA, já que na época o Brasil estava tentando obter uma vaga no calendário do Campeonato Mundial de Rally WRC. Na oportunidade, ele correu navegado em inglês pelo paranaense Thiago Osternack, ao volante de um Peugeot 207 RC4 da equipe ACRT, chefiada então pelo já ausente Ricardo Costa, o inesquecível Costinha, obtendo um excelente segundo lugar na etapa válida pelo Campeonato Gaúcho, encerrada no sábado, já que no domingo foi obrigado a abandonar a etapa válida pelos Campeonatos Sul Americano e Brasileiro, com um pneu dianteiro furado em meio a um lamaçal.

esa costinha

Esa Ruotsalainen junto a Costinha, seu chefe de equipe no Rally de Erechim 2014.

Da mesma forma como no ano passado, logo após essa nova vitória de Esa Ruotsalainen no Arctic Lapland Rally 2019, o publicitário José Carlos Vieira Santos, articulador de sua vinda ao Brasil, entrou em contato para cumprimentá-lo pelo feito, conforme comenta: “Além de agradecer pelos cumprimentos, Esa reiterou novamente seu interesse em voltar a correr no Brasil, pois além de ter gostado muito do rally, gostou também da viagem, das pessoas e do país. Espero que em futuro próximo possamos tê-lo novamente aqui.”

Os 5 primeiros colocados na categoria SM2:

1) Esa Ruotsalainen – Mitsubishi Lancer Evo IX
2) Ville Hautamäki – Subaru Impreza WRX STI
3) Ari-Peka Koivosto – Subaru Impreza WRX STI
4) Jukka Ikonen – Mitsubishi Lancer Evo IX
5) Heikkilä Reijo – Mitsubishi Lancer Evo IX

Os 10 primeiros colocados na Classificação Geral:

1) Emil Lindholm – Volkswagen Polo R5
2) Teemu Asunma – Skoda Fabia R5
3) Juha Salo – Skoda Fabia R5
4) Henrik Pietarinen – Skoda Fabia R5
5) Valtteri Bottas – Ford Fiesta WRC
6) Jukka Ketomäki – Skoda Fabia R5
7) Jukka Kasi – Skoda Fabia R5
8) Esa Ruotsalainen – Mitsubishi Lancer Evo IX
9) Ville Hautamäki – Subaru Impreza WRX STI
10) Kristian Kiviniemi –Skoda Fabia R5

Texto e fotos: Divulgação

Shakedown nas Redes

Classificados



Paceria Oficial