Equipe paranaense pontua em rally exigente em Santa Catarina

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Suptitz e Ortolan tiveram problemas mecânicos no primeiro e abandonaram no segundo dia em Rio Negrinho

Um final de semana para esquecer, porém nem tanto. Assim pode ser o resumo da disputa da quarta etapa do Campeonato Brasileiro de Rali de Velocidade (CBR) para a dupla paranaense Sandro Suptitz e Eduardo Ortolan, da equipe Cascavel Rally Motorsport.

É que no primeiro dia da prova realizada em Rio Negrinho, SC, a dupla enfrentou problemas mecânicos no VW Gol, o que tirou a chance de brigar por algo melhor na prova, justamente na categoria RC4 (4x2), que vem tendo intensa disputa com várias duplas brigando pelas primeiras posições.

Veja também:

Piloto paulista tenta manter retrospecto no Brasileiro de Rally Piloto paulista tenta manter retrospecto no Brasileiro de Rally
Fabiano Botelho disputa a quarta etapa do campeonato no próximo sábado, em Rio Negrinho, SC...
Equipe gaúcha tenta retomar liderança do Brasileiro de Rally em SC Equipe gaúcha tenta retomar liderança do Brasileiro de Rally em SC
Evandro e Juliano competem no próximo final de semana na cidade de Rio Negrinho...

Já no domingo, uma saída de pista também forçou a dupla ao abandono. Mas nem tudo é má notícia para a dupla. Na classificação do Campeonato, Suptitz e Ortolan somam 22 pontos, apenas quatro a menos que o terceiro colocado.

Além disso, são 27 pontos da liderança. Porém, a etapa final, no tradicional Rally da Graciosa, em novembro, reserva ainda 38 pontos em disputa. Com isso, após a etapa de Rio Negrinho, a disputa pelas primeiras posições da categoria no CBR segue aberta.

Supitz e Ortolan competem com o patrocínio da Beux, Jangal, Auto Posto Texas, CIA Turismo, Moinho Rio Azul, Bar do Didi, Rei do Pão, Ótica Curitiba, Mizuno, Auto Escola Senna e TireShop.

Texto e foto: Edson Castro
PrimeCom

Classificados



Paceria Oficial