Conheça mais sobre o Rally da Graciosa, que terá sua 35ª edição em novembro

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Corrida mais tradicional do rally de velocidade brasileiro, já consagrou grandes campeões do mundo inteiro

Uruguai, Paraguai, Argentina, Inglaterra, Brasil. São países que já tiveram representantes vencedores no mais tradicional rali de velocidade do Brasil, o Rally da Graciosa, no Paraná. A prova, sempre disputada em cidades da região metropolitana de Curitiba, recebeu o nome em homenagem a Serra da Graciosa, um dos pontos turísticos mais visitados do Estado.

Desde 1981, consagrou vencedores em provas que valeram pontuação não apenas para competições nacionais, mas também internacionais como o Sul-americano e o Intercontinental Rally Challenge (IRC).

Veja também:

Corinthians é Vice-campeão Brasileiro de Rally Corinthians é Vice-campeão Brasileiro de Rally
A dupla Roberto Reijers e Fausto Dallape conquistam o Vice-campeonato Brasileiro no Rally de Velocidade após 10 etapas...
Irmãos Sartori são campeões do Brasileiro de Rally 2019 Irmãos Sartori são campeões do Brasileiro de Rally 2019
Dupla gaúcha ratificou na última etapa, os bons resultados alcançados ao longo do ano...

Das provas em estradas de terra, a 100% em asfalto nos últimos anos, o Graciosa é uma corrida que traz a tona a história do rali de velocidade brasileiro. Maurício Neves, que está inscrito para a prova deste ano, está na galeria dos vencedores. Ele já levou três vitórias na prova. Paranaense, corre em casa e faz questão de destacar seu orgulho pelo evento.

“É um evento que se confunde com a história do rali brasileiro. Eu pude assistir a prova pela primeira vez em 1997, no ano seguinte estreei como navegador e em 1999 venci como piloto em nossa categoria, foi sensacional, ali entendi que levava jeito para fazer provas de rali. Embora sendo o Rally da Graciosa, eu só consegui fazer a especial subindo a Serra da Graciosa agora mais recentemente e foi maravilhoso”, conta o piloto.

Maurício também lembra de edições históricas na região. “Carros de tração 4x4 que entraram para a história do esporte no mundo, andaram aqui. Eu já andei em provas que haviam especiais na terra e hoje é 100% asfalto. Acredito que os competidores iriam gostar muito desta configuração, fica o convite para que venham curtir nossas especiais históricas como a Dom Pedro, que acho uma das mais técnicas que temos no Brasil”, amplia o piloto.

Os gaúchos Juliano Sartori e Rafael Sartori também fizeram história no Graciosa. Venceram duas provas nos anos 2000 e agora retornam para a primeira participação na nova configuração, toda em asfalto. “Andamos em várias edições no passado, com largadas à noite, em estradas de terra e voltar agora para andar somente em asfalto, imaginamos seja um novo desafio em nossa carreira. É um rali desafiador”, aponta o gaúcho.

O Rally da Graciosa é o único no Brasil com especiais totalmente em asfalto. “É um desafio a mais, porque há pontos em que o carro fica totalmente grudado no chão e outros em que escorrega e fica muito complicado manter no traçado desejado”, explica o também paranaense Sandro Suptitz, que compete ao lado do navegador Eduardo Ortolan.

A prova deste ano acontecerá entre os dias 2 e 3 de novembro. No primeiro dia, apenas trabalho de boxes, preparação dos carros e reconhecimento das especiais pelos competidores. No domingo, dia 3, a corrida se desenvolve ao longo do dia em estradas próximas a cidade de Quatro Barras.

O acesso as especiais é gratuito, mas é preciso estar atento aos horários em que é possível ingressar no trecho, sempre uma hora antes da primeira largada da manhã e tarde. O cronograma e mapa das especiais pode ser conferido no site rallybr.com.br.

Curiosidades do Rally da Graciosa

- Cinco países já tiveram pilotos vencedores da prova, sendo 4 vitórias para a Argentina, 3 para o Uruguai e Paraguai além de 2 vitórias para a Inglaterra. As demais são de brasileiros;

- Somente dois pilotos venceram a prova por categorias diferentes, com carros de tração 4x4 e 4x2, em edições distintas: o caterinense Édio Fuchter e o paranaense Maurício Neves;

- 8 montadoras já tiveram modelos vencedores do Graciosa: a Peugeot com os modelos 207 (4x2) e S2000 (4x4), a Mitsubishi com o Lancer (4x4), a Lancia com o Delta (4x4), a Toyota com o Celica (4x4), a Subaru com o Impreza (4x4), a Volkswagen com o Gol, Passat e Voyage (4x2), a Renault com o Clio Williams (4x4) além da GM com o modelo Monza (4x2);

- Somente dois pilotos que venceram o Graciosa em edições anteriores, estão inscritas para a prova de 2019: Juliano Sartori (RS), além de Maurício Neves (PR).

OS VENCEDORES DO RALLY DA GRACIOSA

2018 – Maurício Neves/Leandro Ferrarini – Brasil – Peugeot 207
2017 – Felipe Mueller/Cesar Ranthum – Brasil – Peugeot 207
2016 – Maurício Neves/Leandro Ferrarini – Brasil – Peugeot 207
2015 – Maurício Neves/Leandro Ferrarini – Brasil – Peugeot 207
2014 – Rafael Tulio/Gilvan Jablonski – Brasil – Peugeot 207
2010 – Kris Meeke/Paul Nagle – Inglaterra – Peugeot S2000
2009 – Kris Meeke/Paul Nagle – Inglaterra – Peugeot S2000
2008 – Édio Fuchter/Gilvan Jablonski – Brasil – Mitsubishi Lancer
2007 – Édio Fuchter/Lelo Perdigão – Brasil – Mitsubishi Lancer
2006 – Juliano Sartori/Rafael Sartori – Brasil – Subaru Impreza
2005 – Ulysses Bertholdo/Gilberto Barricati – Brasil - Mitsubishi Lancer
2004 – Ulysses Bertholdo/Armando Miranda– Brasil - Mitsubishi Lancer
2003 – Juliano Sartori/Rafael Sartori – Brasil – Mitsubishi Lancer -
2002 – Tino Viana/Edu Paula – Brasil – Subaru Impreza
2001 – Federico Villagra/Javier Villagra – Argentina – Mitsubishi Lancer
2000 – Marcos Ligato/Ruben Garcia – Argentina – Mitsubishi Lancer
1999 - Christian Rosiak/Hugo Thomas – Argentina – Mitsubishi Lancer
1998 – Francisco Gorostiaga/Victor Aguilera – Paraguai – Lancia Delta
1997 – Gabriel Mendez/Carlos Villete – Uruguai – Toyota Celica
1996 – Gabriel Rais/José Volta – Argentina – Renault Clio Williams
1995 – Marco Galanti/Ivan Dumont – Paraguai – Toyota Celica
1994 – Marco Galanti/Ivan Dumont – Paraguai – Toyota Celica
1993 – Gabriel Mendez/Felipe Mercader – Uruguai – VW Gol GTi
1992 – Gustavo Pisano/Felipe Mercader – Uruguai – VW Gol GTi
1991 – Paulo Lemos/Ricardo Costa – Brasil - VW Gol GTi
1990 – Reinaldo Varela/Sergio Lima – Brasil - VW Gol GTi
1989 – Édio Fuchter/Ricardo Costa – Brasil - VW Gol GTi
1988 – Édio Fuchter/Ricardo Costa – Brasil - VW Gol GTi
1987 – Paulo Lemos/Arthur Carvalho – Brasil - VW Gol GTi
1985 – Claudio Antunes/Olavo Barbour – Brasil – VW Passat
1984 – Cesar Vilela/José Baranovisk – Brasil – GM Monza
1983 – Paulo Lemos/Arthur Carvalho – Brasil - VW Gol Voyage
1982 – Sady Bordin/Dario Araújo – Brasil – VW Voyage
1981 – Jorge Fleck/Sylvio Klein – Brasil – VW Gol

Programação do Rally da Graciosa

Sábado, 2 de novembro

08:00h - Abertura da Secretaria de Prova
08:30h - Início do reconhecimento das especiais
17:00h - Fim do reconhecimento das especiais Fechamento da Secretaria de Prova
17:30h - Briefing

Domingo, 3 de novembro

07:23h - SS1 – Rio do Meio 1 – 19km
08:06h - SS2 – Campininha 1 – 10km
08:59h - SS3 – Rio do Meio 2 – 19km
10:57h - SS4 – Rio do Meio 3 – 19km
11:40h - SS5 – Campininha 2 – 10km
14:33h - SS6 – Dom Pedro 1 – 18,6km
15:11h - SS7 – Dom Pedro 2 – 18,6km
17:19h - SS8 – Dom Pedro 3 – 18,6km
18:30h - Premiação (Coreto Prefeitura)
20:30h - Jantar de confraternização – Total Storage

CLASSIFICAÇÃO DO BRASILEIRO DE RALI 2019

Categoria RC2N – 4x4

1 – Juliano Sartori/Rafael Sartori – VW Polo MR – 63p
2 – Roberto Reijers (piloto) – Peugeot 208 MR – 42p
2 – Sidney Broering (navegador) – 41p
3 – Luiz Facco (piloto) – Peugeot 208 MR – 40p
3 – Fausto Dallape (navegador) - 32
4 – Paulo Nobre (piloto) – Skoda Fabia R5 – 20p
4 – Rodrigo Konig (navegador) – 22p
5 – Tiago Reijers (piloto) - Peugeot 207 XRC – 17p
5 – Gabriel Morales (navegador) – 20p (...)

Categoria RC4 – 4x2

1 – Luis Stédile/Kaze Morales – Peugeot 207 – 49p
2 – Emerson Cavassin/Gilson Rocha – Peugeot 207 – 32p
3 – Fabiano Botelho/Bruna Giaretta – Peugeot 207 – 26p
4 – Felipe Marra/Luiz Felipe Eckel – Peugeot 207 – 23p
4 – Ricardo Oro/Luiz Felipe Trentin – GM Celta – 23p
5 – Sandro Suptitz/Eduardo Ortolan – VW Gol – 22p (...)

Categoria RC5 – 4x2

1 – Luiz Gustavo Loepper/Bruno Baptista – Peugeot 206 – 50p
2 – Luiz Poli/Damon Alencar – Peugeot 206 – 47p
2 – Victor Corrêa (piloto) – Peugeot 206 – 47p
3 – Evandro Carbonera/Juliano Gracioli – Fiat Palio – 43p
4 – Rafael Pombo/Eduardo Pombo - Peugeot 206 – 25p
5 – Joel Kravtchenko (piloto) – Peugeot 206 – 24p
5 – Maicol Souza (navegador) – 24p
5 – Robson Schuinka – navegador (...)

Texto e foto: Edson Castro
Gestor de Conteúdo
Prime Comunicação

Classificados



Paceria Oficial