Fim da temporada 2016 é início de 2017 para piloto de Santa Maria no Gaúcho de Rali

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Luciano Cassol compete neste final de semana em Erechim na rodada final da competição estadual

 

O Campeonato Gaúcho de Rali de Velocidade chegará ao final da temporada 2016 no próximo final de semana. A disputa final se dará em Erechim, norte do Estado, entre o sábado e domingo, dias 5 e 6.

 

Na categoria RC3, dos carros 4x2, o piloto de Santa Maria, Luciano Cassol compete com objetivo bem definido: iniciar a preparação para o próximo ano. Segundo o piloto, o objetivo é fechar bem a temporada 2016, com o melhor desempenho possível, para formar uma boa base em vista ao próximo ano.

 

Novidade no cockpit

 

A equipe RW Motorsport/Raceweb.com.br (apoio de Emblearte Soluções Visuais, Enxovais e Cia, Click Informática, BCNET-Soluções em Internet e Posto RDEZ)  contará com um novo navegador, Edgar Marsarotto Jr, que reside em Erechim, sede da última etapa da temporada.

 

“O Edgar, é um grande amigo que aceitou o convite de navegar e se juntar a equipe, tenho certeza que vamos nos entrosar bem, pois ele tem bastante experiência e isso irá ajudar muito”, destaca Luciano Cassol.

“Vou andar com o Luciano pela primeira vez, então a expectativa é buscar um entrosamento para quem sabe ser um preparativo para 2017. Acredito que no sábado iremos nos conhecer já nos levantamentos durante a manhã e durante a prova a tarde fazer os ajustes necessários para no domingo procurar andar um pouco mais rápido”, enfatiza Marsarotto.

 

“Olhando de longe sempre admirei a organização do Luciano como piloto, temos opiniões parecidas e principalmente gostamos de chegar no final de um rali onde o resultado acaba sendo uma consequência disso, espero que tenhamos um bom começo”, amplia o novo navegador.

 

Expectativa

 

Luciano Cassol salienta que a meta é mesmo fechar bem o ano, projetando a próxima temporada. “Minha expectativa é sempre a melhor possível, ainda mais em se tratando de Erechim, que é uma prova excelente. Pelo desenho do mapa, divulgado pela organização, a corrida se mostra muito rápida”, frisa o piloto.

Para Luciano, a meta outra vez será andar bem e com segurança para completar o rali. “Estamos sempre evoluindo no entrosamento com o carro (novo nesta temporada) e pensando mesmo na temporada 2017, quando retornaremos a fazer todas as provas do campeonato”, explica o piloto.

 

A prova em Erechim

 

Como é tradicionalmente, a disputa de ralis em Erechim, sempre é um desafio a mais na temporada para os competidores. E promete se manter assim, até porque o final de semana valerá pontuação dupla. Luciano frisa que será preciso buscar regularidade no desempenho, para completar bem os dois dias de corrida.

“Será uma prova rápida e em dois dias, tem que manter a regularidade andando forte, mas com segurança para completar”.

 

Uma corrida em dois dias, exige alguns cuidados extras. “É uma prova que aumenta o desgaste do carro, piloto e navegador, mas em contrapartida será um fim de semana muito intenso, o que possibilitará uma evolução ainda maior do carro e da dupla”, pontua Luciano.

 

“Primeiro que o levantamento já é bastante cansativo exigindo bastante da dupla e apesar de conhecer dos anos anteriores parte de alguns trechos dos mapas divulgados, levantamento sempre tem que ser bem realizado, pois durante a prova as vezes uma curva mal levantada pode ser o fim de um rali. Por ser a última prova do ano em duas etapas simples acredito que os dois dias serão encarados da mesma forma, pois para quem disputa alguma coisa no campeonato ainda e para quem ainda não ganhou nada vai ser a última chance deste ano, então é negócio é pisar fundo, chegar ao final e aí sim ver o resultado”, completa Marsarotto.

 

A programação

 

A cidade de Erechim sediou rodada dupla do Gaúcho de Rali de Velocidade em maio, junto com a disputa do Rally Internacional, que teve ainda etapas válidas para os campeonatos Sul-americano e Brasileiro.

Desta vez a disputa será apenas no Estadual. Por isso a programação se desenvolverá toda no final de semana. No sábado pela manhã, tem reconhecimento das especiais pelos competidores. À tarde, larga a primeira corrida do final de semana, com a disputa em quatro especiais.

No domingo pela manhã, mais quatro especiais e a segunda corrida do final de semana. A premiação aos vencedores da etapa se dará em almoço de confraternização na sede do Erechim Auto Esporte Clube (Eaec), entidade que está organizando a etapa.

 

Texto e foto: Edson Castro

Gestor de Conteúdo da Prime Comunicação

Classificados



Paceria Oficial