Pódio para Fabrício Bianchini/Damon Alencar na estreia no Rally Erechim

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Após três dias de disputa e 12 Especiais, dupla da Bianchini Rally fecha em 3º no Campeonato Gaúcho e, em 5º no Campeonato Sul-Americano de Rally de Velocidade, na categoria RC4

Terminou, neste domingo (21), a maior e mais importante prova de rali de velocidade do país, válida pela 2ª etapa do Campeonato Sul-Americano (FIA-Codasur) e também pelos Campeonatos Brasileiro (3ª e 4ª etapas) e Gaúcho (3ª e 4ª etapas). Grandes nomes da modalidade estiveram reunidos desde quinta-feira, 18, na cidade de Erechim, no Rio Grande do Sul. Fabrício Bianchini e Damon Alencar, da Bianchini Rally, estrearam com pódio no grid da 20ª edição do Rally Erechim. A dupla foi a terceira mais rápida da categoria RC4 (carros com tração 4x2) pelo Campeonato Gaúcho e, de quebra, classificou-se na quinta posição pelo Campeonato Sul-Americano.

Bianchini e Alencar chegaram sem expectativa de resultados a Erechim, uma vez que o objetivo era completar a prova, com foco no aprendizado e subir ao pódio foi uma grata surpresa. "Não viemos atrás de resultado mas para adquirir experiência e sair com um troféu na mão foi demais, ainda mais, em meio a esses ícones com nível de pilotagem fantástico. Nossa estratégia deu certo e conquistamos esse resultado que superou as expectativas", comemora o piloto.

Com uma trajetória de 25 anos no off-road, sobretudo no Rally Cross Country, Bianchini iniciou no rali de velocidade nessa temporada. "O mais importante foi colocar em prática o que combinamos: ter cabeça para não danificar o carro, fazer uma prova redonda com mais cautela e ganhar quilometragem. Adorei a experiência, pois era um sonho fazer a prova de Erechim. Foi um aprendizado gigante e quero ressaltar que o Damon fez uma navegação perfeita", completa o gaúcho de Porto Alegre, mas que reside em Barueri, São Paulo, há mais de duas décadas.

Veja também:

Luiz Poli e Damon Alencar vencem a categoria RC5 do 2º Rally Rio Negrinho Luiz Poli e Damon Alencar vencem a categoria RC5 do 2º Rally Rio Negrinho
Após travarem uma emocionante disputa, nivelada por poucos segundos de diferença entre os participantes, o piloto Luiz Poli e o navegador Damon...
Paulista Fabiano Botelho assume 3º posição da RC4 no Brasileiro de Rally de Velocidade Paulista Fabiano Botelho assume 3º posição da RC4 no Brasileiro de Rally de Velocidade
Piloto disputou no final de semana a quarta etapa da temporada, na cidade de Rio Negrinho, SC...

"Realmente Erechim é tudo que tinha ouvido falar. Uma prova fantástica, muito técnica e difícil, com trechos cronometrados entre lugares belíssimos", enfatiza Alencar. "Como era nossa primeira vez, traçamos uma estratégia conservadora, poupando o carro pela nossa falta de experiência, porque essa prova não admite erros e terminar em 3o no Gaúcho e em 5o. no Sul-Americano (na categoria) foi um presente", explica o navegador de Campinas (SP), que diferentemente do piloto, compete desde 2010 no rali de velocidade.

Mas um fato que impressionou a ambos foi a presença do público. De acordo com os organizadores, nestes quatro dias de evento, aproximadamente 50 mil pessoas circularam no rali. "O público que prestigiou o rali é uma atração à parte, nunca havíamos visto isso. Ao longo das Especiais sempre havia gente torcendo, vibrando e mostrando a paixão por nosso esporte, por tudo isso, é de longe o melhor rali de velocidade do país. Foi um prazer estar aqui, quero muito voltar, agradeço demais a equipe Cotton Motorsport que nos atendeu prontamente", finaliza.

Devido à chuva que começou no sábado à tarde, alterando as condições do piso, foi cancelado o último trecho cronometrado. O Super Prime de 3,6 quilômetros seria disputado, de dois em dois veículos, no Parque da Accie e valeria pela 13ª Especial. No total as 76 duplas do Brasil, Paraguai, Argentina, Uruguai e Bolívia percorreram mais de 150 quilômetros de trechos cronometrados.

Os campeões da 20º Rally Erechim na geral foram os argentinos Marcos Ligato/Ruben Garcia #2 com 1h41min06 pelo Campeonato Sul-Americano. Já a dupla Vitor Fischer/Sidinei Broering #30 foi a vencedora pelo Campeonato Brasileiro e Juliano Sartori/Rafael Sartori #27 pelo Campeonato Gaúcho. Participaram da disputa cinco categorias: RC2, RC2N, RC3, RC4, RC5 e RCR. Resultados completos da classificação após 12 Especiais no http://www.rallyerechim.com/temposonline

Mais informações sobre a equipe: site www.bianchinirally.com.br e na página no Facebook @equipebianchinirally

A Bianchini Rally, que tem sede em Alphaville (Barueri/SP), conta com o apoio da Bianchini S/A, McDonald Pelz, O Mundo de Maria, KTNY Racing, QT Engenharia, Madeira Energy, Bull Sertões Crew, Vedacit e Cotton Motorsport.

Resultado Rally de Erechim (após 12 Especiais)

Categoria RC4 (Campeonato Gaúcho de Rally de Velocidade) - Top 5

1) # 44 Toninho Genoin / Maicol Souza (Peugeot 207) - 2:07:51.70
2) #80 Luis Tedesco / Andrey Karpinski (Fiat Palio) - 2:12:16.00
3) #50 Fabrício Bianchini / Damon Alencar (Peugeot 207) - 2:19:03.40
4) #41 Ricardo Oro / Luis Felipe Trentin (Chevrolet Celta) - 2:54:46.30
5) #49 Marcos Valandro / Dario Driessen (VW Gol) - 04:41:57.16

Categoria RC4 (Campeonato Sul-Americano de Rally de Velocidade) - Top 5

1) #39 Wilfred Klassen/ Gustavo Garcia (Paraguai) - Honda Civic - 2.03.22,5
2) # 35 Simon Ortiz/ Ricardo Fretes (Paraguai) - Ford Fiesta - 2.09.35,0
3) #80 Luis Tedesco/ Andrey Karpinski (Brasil) - Fiat Palio - 2.12.06,0
4) #47 Felipe Marra/Thiago Osternack (Brasil) - Peugeot - 2.14.12,0
5) # 50 Fabrício Bianchini / Damon Alencar (Brasil) - Peugeot 207 - 2.19.03,4

Assessoria de Imprensa - Bianchini Rally
MSuzuki Comunicação
Mércia Suzuki
Foto: Divulgação

Classificados



Paceria Oficial