Velocidade

Campeonato Brasileiro de Rally

Luiz Facco e Felipe Costa aprovam o desempenho do novo carro no Rally Transitapúa, no Paraguai

Apesar de não ter completado todo o percurso, a dupla da Acelera Siriema elogiou potencial do Peugeot 208 Maxi Rally e prometeu retornar novamente à prova de abertura do Campeonato Sul-Americano (FIA/Codasur)

São Paulo, 19 de março de 2018 – A etapa de abertura do Campeonato Sul-Americano de Rally de Velocidade (FIA/Codasur) teve grid cheio, com 72 duplas de cinco países, e disputas acirradas no último fim de semana, 17 e 18, em Encarnación, no Paraguai. O Rally Transitapúa teve início com o Super Prime noturno, na sexta-feira (16), quando ainda o mau tempo obrigou a organização cancelar parte da programação, mas o sol forte e o calor intenso dominou a prova no sábado e domingo. Entre os brasileiros, a equipe Acelera Siriema, da dupla Luiz Facco e Felipe Costa #253, estreou o novo carro, um Peugeot 208 Maxi Rally, e competiu na categoria mais competitiva, a RC2, formada pelos principais pilotos sul-americanos da modalidade.

Facco e Costa conheceram o novo carro apenas em Encarnación, mas de cara aprovaram o potencial, ainda que estivessem em fase de adaptação. A dupla não completou todo o percurso de aproximadamente 400 quilômetros, pois o navegador paranaense, morador de Erechim (RS), passou mal durante a prova devido à desidratação e foram obrigados a abortar a última Especial de sábado, e acabaram optando por não largar para as três Especiais de domingo.

“O carro é muito bom, ainda temos de nos adaptar a ele e serão necessárias outras provas para tirarmos melhor proveito do carro. O rali foi excepcional, com ótima organização e fomos muito bem recebidos, certamente voltaremos para as próximas provas no Paraguai”, afirma Facco, que fez a sua segunda participação no Rally Transitapuá.

Pela quarta vez na prova paraguaia, o navegador disse que desta vez o calor que beirou os 40 graus castigou os competidores. “O calor judiou muito, passei mal e não consegui mais navegar e não pudemos mais continuar, mas foi mais uma oportunidade desafiadora participar desta prova, ainda mais com um carro sensacional como esse, que nos impressionou”, finalizou Costa.

Participaram do 31º Rally Transitapuá duplas do Paraguai, Argentina, Brasil, Bolívia e Uruguai e os vencedores foram: Diego Dominguez/Edgardo Galindo(RC2) 01:23:37, Roberto Saba/Claudio Ocampo (RC2N) 01:28:04, Gerardo Planas/Jorge Cruz (RC3) 01:39:50, Diego Dominguez Fl/Hector Nunes (RC4) 01:34:57 e Nicolas Baeza/Daniel Vera (RC5) 01:47:34.Para acompanhar as notícias da equipe: Facebook: @acelerasiriemarally, Instagram: @acelerasiriema, Twitter: acelerasiriema e mais informações no site www.acelerasiriema.com.br

A equipe conta com o patrocínio da Gonçalves S/A Indústria Gráfica, Yokohama e Acelera Siriema Rally e apoio da FD Stands e Displays.

MSuzuki Comunicação
Mércia Suzuki
Foto: Lisandro Garcia