Velocidade

Campeonato Brasileiro de Rally

Jovens realizam sonho com estreia no Rally de Estação

Erechinenses deixam “barranco” em 2018 para passar a competir

O Campeonato Gaúcho de Rali vai ganhar mais uma dupla no grid na temporada 2018. Trata-se dos jovens erechinenses, Rafael Karpinski e Diego Esmelindro, que este ano deixarão apenas de assistir ou auxiliar na organização das corridas, para passar a competir.

A dupla, da equipe RD Motorsport (O Planeta das Capas/Legion Custon Tattoo/LM Fit/Fitness Coach José Fome), fará sua estreia na cidade de Estação, que neste final de semana, entre os dias 6 e 7, abre a temporada dos campeonatos Brasileiro e Gaúcho de rali em disputa simultânea.

“Estamos realizando um sonho. Acredito que muitas crianças em Erechim sonham em um dia serem piloto e navegador de rali, e isso é o que está acontecendo conosco”, destaca o piloto Rafael.

“Vai ser muito legal poder estrear em Estação, uma cidade que me acolheu muito bem quando fiz minha primeira prova como navegador, gosto muito daquele rali”, acrescenta o piloto. “Vai ser meu primeiro ano, então a expectativa agora é ir aprendendo, evoluindo e dentro do possível buscar os resultados que a equipe almeja para a temporada”, acrescenta Diego.

A estreia

Rafael e Diego formam mais uma dupla, que da paixão pelo esporte, tornam-se competidores em Erechim, considerada a capital brasileira do rali de velocidade. “Desde muito novo já acompanhava o rali, ajudava no que era possível e sempre foi desejo um dia se tornar competidor”, explica Rafael.

Ele cita ainda que muita coisa mudou, inclusive na rotina diária, na preparação para competir. “Preparação física, alimentação, parte psicológica, para competir é preciso muito mais que apenas ter um carro. E nós estamos aprendendo a lidar com tudo isso”, pontua o piloto.

Diego diz que buscou ajuda com navegadores mais experientes. “Sentia muita dificuldade em saber a hora exata de passar a informação ao piloto. Conversei com amigos que já são navegadores há mais tempo e isso tem me ajudado muito”, frisa.

O que antes era sonho, agora é realidade, até mesmo estar junto a competidores que até então eram ídolos e agora passam a ser companheiros de corridas. “Acredito que vamos ter muito a aprender com todos os competidores”, amplia Diego.

Preparados

Para competir no Gaúcho de Rali, Rafael e Diego vão utilizar o GM Vectra, que já foi duas vezes campeão do Estadual. “Fizemos alguns treinos, acreditamos que tudo já esteja preparado em termos de equipamento para iniciar o Campeonato. Sabemos que estaremos em uma categoria bastante competitiva, então nosso objetivo será completar as etapas. Pés no chão, para fazer uma boa temporada de estreia”, completa Rafael Karpinski.

O rali

Estação é uma prova tradicional do calendário brasileiro e estadual. Realizada a 18 anos, a prova vai abrir novamente em 2018, os dois campeonatos. A programação começa na sexta-feira, dia 6, com a realização dos reconhecimentos das especiais, pelos competidores.

Neste mesmo dia, acontece, a partir das 20h, a largada promocional, no centro da cidade. Depois, no sábado e domingo, dias 7 e 8, acontecem a disputa das especiais, seis delas no primeiro dia e outras cinco no segundo. A corrida passará por estradas de terra dos municípios de Estação, Erebango e Ipiranga do Sul.

Serão 140 quilômetros de trechos cronometrados. Cada dia vale uma etapa, tanto do Brasileiro quanto do Gaúcho de rali, perfazendo a rodada dupla no final de semana. A premiação será às 15h de domingo, junto ao Parque de Apoio, na Estação Ferroviária de Estação, ponto histórico do município.

O acesso ao Parque de Apoio, onde ficam os boxes das equipes e às especiais, será gratuito.

Texto e foto: Edson Castro
PrimeCom