Velocidade

Campeonato Brasileiro de Rally


Brasileiro de Rally de Velocidade: Mineiro Victor Corrêa começa ano em quarto

Piloto de Alfenas termina em terceiro na primeira etapa, mas abandona no segundo dia

O Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade teve início no último final de semana (07 e 08/4) no Rio Grande do Sul, com a disputa da 18ª edição do Rally de Estação, nos arredores da cidade homônima no norte do estado. Na modalidade para carros 1.6 de produção, os catarinenses Luiz Gustavo Loepper/Bruno Baptista da Luz (Peugeot 206) iniciam a temporada na liderança, com 15 pontos. Único representante de Minas Gerais na categoria RC5, Victor Corrêa (Unifenas) ao lado do navegador catarinense (Itajaí) Maicol Souza está em quarto, com quatro pontos, após sofrer alguns percalços nas duas primeiras etapas.

“Estávamos bem rápidos e com confiança. No primeiro dia ficamos em terceiro e no segundo abandonamos porque ficamos presos em uma valeta. Ainda assim saímos da primeira rodada dupla do campeonato brasileiro em quarto, o que alimenta a nossa esperança de brigarmos por vitória nas próximas etapas”, confia o representante de Alfenas, sul de Minas Gerias, que no ano passado foi quinto colocado no seu ano de estreia no Brasileiro de Rally de Velocidade.

O Rally de Estação teve 11 especiais cronometradas no total, sendo seis delas no sábado, com 75 quilômetros de trechos em uma parte das cidades de Erebango e Estação. “Na primeira Especial o trambulador do câmbio soltou, sai do carro e consegui encaixar, mas perdi uns sete minutos para continuar. Na quarta Especial furou um pneu e novamente perdemos um bom tempo. Como muita gente também teve problemas, terminamos em terceiro no primeiro dia”, contou Victor Corrêa.

A outras cinco Especiais foram percorridas no domingo, novamente em Estação e passando por Ipiranga do Sul, com 65 quilômetros, totalizando 140 quilômetros de trechos cronometrados. “Vínhamos bem na segunda etapa, estávamos bem rápidos e na segunda Especial éramos os líderes. Mas na Especial Estação chegamos numa curva em descida que tinha uma lombada pelo lado de dentro, que jogou o nosso carro direto de frente em uma grande valeta e ele ficou preso”, contou o mineiro que foi obrigado a abandonar ali.

A próxima rodada dupla do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade acontece nos dias 26 e 27 de maio, novamente do Rio Grande do Sul, desta vez em Erechim.

Os primeiros na primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade na categoria RC5 foram: 1) Luiz Gustavo Loepper/Bruno Baptista da Luz – Peugeot 206; 50min58s1; 2) Júlio Henrique Cartaxo/Gerson Lange, Peugeot 206; 55min55s6; 3) Victor Corrêa/Maicol Souza, Peugeot 206, 1h05min20s6; 4) Evandro Carbonera/Juliano Gracioli, Peugeot 206, 1h15min40s4; 5) Mário Stanski Jr/Fernando Adad, Peugeot 206; 1h27min29s0.

Os primeiros na segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade na categoria RC5 foram: 1) Evandro Carbonera/Juliano Gracioli, Peugeot 206; 46min48s0; 2) Luiz Gustavo Loepper/Bruno Baptista da Luz – Peugeot 206; 49min26s1; 3) Júlio Henrique Cartaxo/Gerson Lange, Peugeot 206; 51min07s0; 4) Mário Stanski Jr/Fernando Adad, Peugeot 206, N/C; 5) Victor Corrêa/Maicol Souza, Peugeot 206, N/C.

Pontuação do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade 2018 após as duas primeiras etapas (extra-oficial): Luiz Gustavo Loepper/Bruno Baptista da Luz, 15 pontos; 2) Evandro Carbonera/Juliano Gracioli, 12; 3) Júlio Henrique Cartaxo/Gerson Lange, 10; 4) Victor Corrêa/Maicol Souza, 4; 5) Mário Stanski Jr/Fernando Adad, 2 pontos.

Visite www.victorcorrea.com.br
Curta www.facebook.com/victor.correapiloto

João Alberto Otazu