Brasileiro de Rally de Velocidade: Mineiro Victor Corrêa termina em segundo em Erechim

Mineiro venceu o Super Prime na sexta-feira, foi segundo colocado no sábado e no domingo e venceu o Power Stage

O mineiro Victor Corrêa (Unifenas) e catarinense Maicol Souza tiveram um sensacional desempenho no Erechim Rally Brasil, a maior e mais importante prova de rali de velocidade do País, que foi disputada na região de Erechim (RS), no último final de semana (25 a 27/5). A dupla começou vencendo o Super Prime, foi segundo colocada na categoria RC5 tanto no sábado, quantono domingo, e ainda venceu a Power Stage, a última Especial da competição.

“Estamos muito felizes. Fizemos o trabalho de casa. Resultado mais do que positivo, tanto pela nossa estreia neste Rally que é considerado um dos mais difíceis da América do Sul, quanto para o campeonato”, comentou o piloto de Alfenas, no sul de Minas Gerais, que agora está na terceira posição no Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade.

No início das atividades para a terceira e quarta etapas do Brasileiro de Rally de Velocidade, na sexta feira, Corrêa/Souza foram os mais rápidos nas duas voltas do Super Prime, com cerca de quatro quilômetros. “O Super Prime foi muito especial. Primeira vez e conseguimos ficar em primeiro. Isto deu uma boa confiança”, comemorou Victor na sexta-feira.

Veja também:

Equipe do Paraná retoma disputa do Brasileiro de Rally em SC Equipe do Paraná retoma disputa do Brasileiro de Rally em SC
Pérci Hultman e Juliano Zerbinato competem na etapa de Rio Negrinho no próximo final de semana...
Dupla representa as mulheres em etapa do Brasileiro de Rally em SC Dupla representa as mulheres em etapa do Brasileiro de Rally em SC
Romina Romi e Lucivane Balena querem manter evolução na categoria mais forte dos carros de tração 4x2...

No sábado, a dupla mineira/catarinense procurou ser conservadora, pensando apenas em terminar a etapa para voltar a pontuar. E o resultado foi terminar em segundo, atrás dos gaúchos Evandro Carbonera/Juliano Gracioli.

“Tivemos uma etapa bem produtiva em termos de resultado. Ficamos em segundo, atrás somente dos anfitriões. Realmente o solo muito duro acaba bastante com o pneu. Por isso, buscamos fazer um rally conservador e de exploração para conhecer realmente os limites. Então, o segundo lugar foi muito bem-vindo”, explicou o representante da Unifenas.

No domingo, já conhecendo o piso e mais confiantes, Victor e Maicol diminuíram a margem para os vencedores Carbonera/Gracioli e ficaram em segundo, encerrando a quarta etapa vencendo o Power Stage, a última Especial do Erechim Rally Brasil.

“Só não vencemos uma dupla local e muito experiente, que conhece muito bem o trecho. Tivemos uma evolução muito grande durante a prova, a diferença para o primeiro diminuiu muito de ontem para hoje. Então, o nosso saldo foi muito positivo, estamos vivos na briga pelo campeonato”, comentou o navegador catarinense de Itajaí.

Resultado do Erechim Rally Brasil na categoria RC5: 1) Evandro Carbonera/Juliano Gracioli, 2h13min19s53; 2) Victor Corrêa/Maicol Souza, 2h16min32s50; 3) Luiz Gustavo Loepper/Bruno Baptista da Luz, 2h21min23s29.

Pontuação (extra-oficial) da categoria RC5 no Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade após as quatro primeiras etapas: 1) Luiz Gustavo Loepper/Bruno Baptista da Luz e Evandro Carbonera/Juliano Gracioli, 28 pontos; 3) Victor Corrêa/Maicol Souza, 22 pontos.

MasterMidia Marketing
João Alberto Otazú
Foto: Edson Castro